Esposa coloca à venda avião particular de Schumacher por mais de R$ 60 milhões, diz jornal

Notícia foi trazida pelo 'Bild' nesta sexta (25) e dá conta de que Corinna Schumacher colocou em negociação o modelo Falcon do dono de sete títulos mundiais da F1, que segue internado em uma clínica de reabilitação na Suíça pelo acidente sofrido em dezembro do ano passado

A notícia mais impactante da manhã desta sexta (25) envolve Michael Schumacher. Segundo o jornal alemão 'Bild', a esposa de Michael, Corinna Schumacher, colocou o avião particular do ex-piloto à venda.
 
O jato, um Falcon 2000 EX com a matrícula M-IKEL, foi comprado pelo sete vezes campeão mundial de F1 pois muito de seu tempo era passado em voos, fosse como piloto ou em deslocamentos para compromissos comerciais. O preço avaliado que Schumacher pagou pelo avião é de € 25 milhões (cerca de R$ 75 milhões), mas Corinna aceita, de acordo com a publicação, ofertas de € 20 milhões (aproximadamente R$ 60 milhões).
Falcon 2000 EX com matrícula M-IKEL: o avião de Schumacher (Foto: Divulgação)
Schumacher sofreu acidente enquanto esquiava nos Alpes franceses no fim de dezembro, bateu com a cabeça na pedra e sofreu grave contusão cerebral. Foi mantido em coma por seis meses, e a notícia de que ele saíra deste estado e fora transferido da França para um centro médico de Lausanne chegou em meados do último mês de junho

O piloto não consegue se comunicar via fala e responde aos estímulos com toques e movimentos dos olhos. Schumacher tem 45 anos.

GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' o GP da Hungria, 11ª etapa do Mundial de F1, com a repórter Evelyn Guimarães. Para acompanhar todo o noticiário, clique aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar