Ocon chama de fabuloso trabalhar com Alonso: “Não parece ter 39 anos”

O elogio foi até estranho, mas Esteban Ocon vê Fernando Alonso como alguém que "nem parece ter 39 anos" tamanho o pique e vontade do espanhol em fazer um bom trabalho em sua volta à Fórmula 1

Fernando Alonso voltou à Fórmula 1 de forma oficial durante a pré-temporada no Bahrein, na qual enfim guiou um carro da categoria após dois anos de ausência – e entre quem admirou o retorno está seu próprio companheiro de Alpine, Esteban Ocon.

Só que Ocon elogiou Alonso de uma forma um pouco estranha, mesmo que na melhor da intenções, após ver o que o espanhol entrega dentro dos boxes e na pista: “Não parece um homem de 39 anos, nem piloto como alguém de 39 anos”, disse.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre o terceiro dia de pré-temporada da F1

Fernando Alonso está de volta com a Alpine (Foto: Alpine)

Como, é claro, idade não significa ser melhor ou pior dentro do carro, Ocon comentou também outros aspectos de Alonso: “Sempre estive convencido de que ele entregará o máximo desde a primeira corrida, e sua enorme experiência ajudará.”

“É fabuloso trabalhar com ele, um piloto que sempre admirei. Será um osso duro de roer do outro lado da garagem, e terei que fazer o meu melhor para que posso ganhar este duelo”, completou.

Alonso está de volta à F1 após ausência de duas temporadas. Bicampeão do mundo, já disse que, mesmo aos citados 39 anos anos, “me sinto bem, me sinto jovem, me sinto afiado, então vamos tentar novamente”. A primeira prova, claro, acontece no dia 28 de março, com o GP do Bahrein, abertura da temporada 2021.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube