Confira declarações dos pilotos após terceiro dia de pré-temporada da F1 2021 no Bahrein

Sem mais testes: os pilotos, enfim, vão pode fazer o que curtem na Fórmula 1, que é brigar por vitórias e pontos. Foi o que eles deixaram claro ao final da pré-temporada da categoria, neste domingo (14), no Bahrein

Red Bull domina e Mercedes aparenta estar atrás: tudo sobre o terceiro dia no Bahrein

O fim chegou: os testes de pré-temporada no Bahrein se encerraram neste domingo (14), e agora a Fórmula 1 já se foca na abertura do campeonato de 2021, no mesmo palco, mas só no dia 28 de março. Até lá, a ansiedade é destacada pelos pilotos, que enfim irão para a pista para brigar por vitórias, não só para testar detalhes de seus carros.

Foi isso que a maioria deles destacou em suas declarações ao final dos testes no Bahrein, em dia liderado por Max Verstappen. A maioria, também, se empolgou com os acertos em seus carros – mas, claro, quem não saiu tão satisfeito não entregou os problemas.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Tsunoda deu mais de 90 voltas e foi segundo colocado (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Confira as declarações:

Max Verstappen, primeiro: Verstappen empurra avaliação para GP do Bahrein, mas admite: “Carro está bom”

Yuki Tsunoda, segundo: “Sair do carro com o segundo melhor tempo é uma grande sensação – não podemos nos deixar levar, é só um teste, mas é bom terminar esses dias em alta. Aprende muito esses dias e coletamos muitos dados para a equipe. Acho que é bom começar a temporada aqui, pois dei muitas voltas e entendo bem a pista. Tivemos pequenos problemas mas é o que se espera em teste, o que importa é termos o melhor pacote possível no dia da corrida. Vou continuar a trabalhar duro e estou animado para o começo da temporada.”

Carlos Sainz, terceiro: Não teceu comentários sobre o dia.

Kimi Räikkönen, quarto: “Foi um dia positivo em termos de trabalho. Conseguimos tudo o que queríamos e agora precisamos ver onde estamos daqui duas semanas. Tempos nos testes não significam nada, não sabemos como os outros estão. Mas sabemos como o nosso carro está, e é melhor que o do ano passado. Acho que estamos mais rápidos do que nosso melhor de 2020, mas se isso vai se traduzir em melhor desempenho nas corridas, é o que precisamos descobrir.”

Lewis Hamilton, quinto: Mesmo sem gostar, Hamilton diz que aceitaria mais testes em 2021: “Muito trabalho a fazer”

George Russell, sexto: “Dia muito produtivo, demos muitas voltas, foram 158 no fim das contas. A equipe fez um grande trabalho ao longo dos últimos três dias, não tivemos um problema de confiabilidade sequer e tudo andou de maneira suave. No fim das contas, estamos todos aqui pelo desempenho e creio que há muito a analisar. Alguns dos nossos rivais parecem rápidos, mas creio, da mesma forma, que as condições não nos favoreceram tanto. Temos muita análise a fazer, mas o teste foi positivo.”

Daniel Ricciardo, sétimo: “Acabou. Estou feliz que consegui terminar de forma confiável, sem nenhum problema ou preocupação, três dias tranquilos. Estou feliz pela equipe, aqui e na fábrica, por terem conseguido acertar um bom carro para esses dias de teste. Eles me fizeram sentir em casa, estou confortável e mal posso esperar para voltar ao Bahrein e ir para a pista no GP.”

Sergio Pérez, oitavo: “É louco pensar que a pré-temporada já acabou, parece que acabou de começar. Deve ser a pré-temporada mais curta de minha carreira. Foi um tempo limitado de pista e testes, mas trabalhamos em muitas configurações e melhoramos sempre que entramos no carro. Estou animado com a temporada e acho que temos um bom carro, mas ainda tenho muito o que aprender para tirar o máximo dele. A equipe está fazendo um trabalho fantástico.”

Fernando Alonso, nono: Não teceu comentários sobre o dia.

Charles Leclerc, 10°: Não teceu comentários sobre o dia.

Lando Norris, 11°: “Nosso último dia no carro foi bom. Sofremos com algumas coisas, o que é bom ruim. Você nunca quer passar por problemas, mas é bom que aprendemos e temos tempo de consertar antes da corrida aqui. Então, positivos e negativos, mas no geral mais para positivo, que é o que queremos durante os testes. É bom estar de volta à pista e me sinto animado em correr em poucas semanas. Obrigado aos caras aqui e na fábrica pelo trabalho duro. Foi uma boa pré-temporada.”

Pierre Gasly, 12°: “Agora que os dias de teste acabaram, mal posso esperar pela corrida. Completamos todo nosso programa e temos um bom entendimento de tudo. Sabemos nossos pontos fortes e ainda podemos melhorar. Me sinto confiante com esse carro e acho que estamos melhor posicionados nesta época do ano em relação a 2020. Acho que sabemos em que pontos seremos rápidos e entendemos no que podemos ir além. Espero que possamos lutar neste ano por bons pontos. Estou feliz também com o trabalho da Honda com o motor, um passo a frente, e forte. A confiabilidade está perfeita. Estou animado por nós.”

Esteban Ocon, 13°: Não teceu comentários sobre o dia.

Nikita Mazepin, 14°: “”Hoje as condições foram boas, especialmente se compararmos com a sexta-feira. Dito isso, para um novato como eu, é uma grande experiência de aprendizado ver como o carro desempenha com menos aderência. Hoje, focamos em stints com menos combustível no início da tarde, depois colocamos o tanque cheio. Terminamos com alguns pit-stops que foram bem produtivos. A pré-temporada foi divertida e uma curva de aprendizado. Nós começamos o primeiro dia em condições muito difíceis, mas a pista evoluiu e ganhou aderência, o que significa que você tem mais oportunidades de atacar e buscar tempos. O ano será longo, mas acho que tirei o máximo destes três dias e o time fez um grande trabalho.”

Mick Schumacher, 15°: “Um pouco triste que este foi o último dia. Mas temos 23 corridas por vir, o que é ótimo. Um dia produtivo para mim, com muitas voltas, o que é sempre bom. Recuperamos as perdas do primeiro dia. No geral, estamos felizes em como os testes foram feitos. O primeiro dia foi uma pena, perdemos oportunidades, mas nos atualizamos, até treinamos pit-stops. Tive a experiência de pilotar de dia e de noite, algo ótimo. Estou ansioso com a temporada. Me sinto preparado.”

Valtteri Bottas, 16°: “Meu primeiro dia aqui no Bahrein teve problemas, então estou feliz que os dois seguintes foram limpos e eficientes. Hoje, como ontem, dei voltas o suficiente e fizemos bons testes. Ainda não estou totalmente cômodo, mas estamos melhorando. Há mais trabalho a ser feito. Temos recolhidos muitos dados e isso vai nos ajudar a tornar o carro mais rápido para a primeira corrida. O tempo foi ainda mais limitado com as mudanças recentes, mas nossa recuperação foi boa. Acredito que o carro tem condição de lutar pelo título. Não acredito que esteja ainda em termos de rendimento, mas não tenho dúvidas de que estará. Sinto que andei o suficiente para me sentir bem com o carro. De minha parte estou preparado, e como equipe logo estaremos.”

Sebastian Vettel, 17°: Vettel reconhece baixa quilometragem com Aston Martin, mas vê “todos com dificuldades”

Lance Stroll, 18°: “Estou muito contente com o trabalho de hoje no Bahrein. Completamos o nosso programa e recebemos muitos dados fazendo simulação de corrida e stints longos. Completamos nossa lista de tarefas para o dia, o que é uma boa forma de terminar os testes depois de perder um bom tempo de pista. Temos dados suficientes para analisar e melhorar nosso entendimento do carro, então estamos em uma ótima posição, especialmente considerando que tivemos apenas três dias de testes. Estou ansioso para começar a temporada no Bahrein. Podemos melhorar mais antes de voltar para a corrida.”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube