Ocon exalta “exuberante” Alonso e distância para AlphaTauri: “Parece uma vitória”

Esteban Ocon colocou a Alpine no quinto lugar no Catar e destacou a importância do resultado na briga com a AlphaTauri nos Construtores

F1 NO CATAR: HAMILTON VENCE, VERSTAPPEN 2°, ALONSO NO PÓDIO | Briefing

Esteban Ocon coroou com um quinto lugar uma corrida notável para a Alpine no GP do Catar de Fórmula 1, disputado neste domingo (21). O piloto francês viu seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, conquistar um lugar no pódio e ainda somou pontos importantes para a escuderia de Enstone na briga com a AlphaTauri, pelo quinto lugar do Mundial de Construtores. Após a disputa, Ocon ressaltou a importância do resultado para a classificação do campeonato.

“Final de semana muito positivo. Fernando [Alonso] foi exuberante neste final de semana”, comemorou o dono do carro #31. “Parece uma vitória, e estamos 25 pontos [na verdade, são 27] à frente da AlphaTauri. Estamos criando essas oportunidades e espero que tenham mais por vir”, disse.

Durante a corrida, Ocon chegou a andar em quarto lugar, quando Sergio Pérez se aproximou com a Red Bull e tinha pneus mais novos que os do carro de Esteban. Ao invés de ceder a posição facilmente, o francês fez jogo duro e disputou com o mexicano, situação que beneficiou também o companheiro de equipe.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

ESTEBAN OCON; ALPINE; GP DO CATAR; LOSAIL; F1; FÓRMULA 1;
Esteban Ocon terminou o GP do Catar em quinto lugar (Foto: Alpine)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ocon relembrou o GP da Hungria de 2021, quando conquistou sua primeira vitória da carreira e a única da Alpine na Fórmula 1 para destacar o momento. Na ocasião, Alonso barrou a ultrapassagem de Lewis Hamilton tanto quanto pôde, forçando o heptacampeão a tentar várias vezes e gastar bastante tempo até conseguir passar. O britânico até conseguiu, mas não havia mais tempo para alcançar Esteban na liderança.

“Isso é para devolver o que ele fez por mim em Budapeste”, retribuiu Esteban. “A reta é mais longa que a de Budapeste, então foi difícil me defender de uma Red Bull que tinha pneus mais novos. Trabalhar com um bicampeão é bom. Ele é muito inteligente e pensa sobre as estratégias de uma maneira fora da caixa. Como ele diz, ‘El Plán’ é ir para a pista”, encerrou.

Agora, a Fórmula 1 parte para mais um território desconhecido: entre os dias 3 e 5 de dezembro, a categoria faz sua estreia na Arábia Saudita, no Circuito de Jedá, que ainda está em fase final de construção. E Ocon confia que a Alpine pode repetir o rendimento na penúltima etapa do ano. “Nós vamos ter mais uma chance em Jedá”, confiou o francês. “É uma pista similar a essa”, encerrou.

Max Verstappen apresentou problemas na asa móvel do carro no Catar (Vídeo: Reprodução)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar