Ocon prevê GP de São Paulo “mais difícil” para Alpine em 2023: “Temos de ser realistas”

Esteban Ocon disse esperar que os dados coletados no GP de São Paulo de 2022 ajudem a Alpine na edição deste ano, mas reconheceu que o estágio atual da equipe indica uma corrida com mais dificuldades do que na última temporada

Depois de cinco corridas sprint já realizadas na temporada 2023, a Fórmula 1 se encaminha para a última etapa com o formato neste fim de semana, no GP de São Paulo. E, com apenas um treino livre previsto, pilotos e equipes têm apenas 60 minutos para os ajustes finais antes da classificação. Com tão pouco tempo disponível, Esteban Ocon destacou a importância de importar os dados coletados pela Alpine na edição de 2022.

“É um fim de semana em que temos apenas uma sessão para ajeitar tudo. Então, é complicado”, admitiu Ocon. “Porém, já passamos por isso aqui no ano passado. Isso é bom, porque temos bons dados da última temporada”, analisou.

Relacionadas


“Provavelmente teremos condições de pista parecidas, com uma possibilidade de chuva na classificação”, prosseguiu o piloto francês. “Conseguimos nos classificar no top-5 [sexto e sétimo lugares, na verdade] no ano passado, mas, este ano, será mais difícil”, admitiu.

Em 2022, a Alpine conseguiu uma boa classificação para a corrida sprint, que ainda decidia o grid de largada da prova principal. Com Ocon em sexto e Fernando Alonso em sétimo, a equipe chegaria para o sábado em boas condições de buscar os pontos.

Esteban Ocon chegou ao Brasil com um capacete especial (Foto: Esteban Ocon / Reprodução)

No entanto, os dois companheiros de equipe se acharam logo no início da sprint e despencaram para as últimas posições, com Esteban em 17º e Fernando em 18º. No dia seguinte, o time francês comprovou que tinha ritmo e fez uma corrida de recuperação: o espanhol fechou em quinto, enquanto o francês foi o oitavo.

Entretanto, segundo Ocon, é difícil esperar uma repetição para este ano. Para o companheiro de Pierre Gasly, a ordem de forças apresenta maiores dificuldades neste momento da temporada, mas a Alpine chega ao Brasil em condições de marcar pontos nas duas corridas do fim de semana.

“Precisamos ser realistas, vários times melhoraram de lá para cá. Porém, há uma boa chance de marcarmos pontos nas duas corridas. Faremos de tudo para conseguir isso”, finalizou Esteban.

Alonso e Ocon se estranharam na corrida sprint de Interlagos no ano passado (Foto: Reprodução/F1 TV)

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL e cobre o GP de São Paulo de Fórmula 1 ‘in loco’ com Evelyn GuimarãesGabriel CarvalhoGabriel CurtyJoão Pedro NascimentoLuana MarinoPedro Henrique Marum Rodrigo Berton.

Em SEGUNDA TELA, o GP acompanha a etapa com transmissões da classificação, da sprint e da corrida. Na sexta-feira, no sábado e no domingo, o BRIEFING repercute tudo que acontece na etapa brasileira.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.