Ex-empresário de Schumacher, Weber revela ter sofrido AVC há cerca de um mês

Willi Weber, 78 anos, ficou internado por três semanas num hospital de Stuttgart, na Alemanha, após ter sofrido um AVC. O antigo agente do heptacampeão do mundo contou ao jornal Bild que se sente melhor, já fala, se alimenta sozinho e consegue caminhar: “Não vou me deixar vencer”

Figura fundamental na carreira de Michael Schumacher e empresário do heptacampeão mundial de Fórmula 1 entre 1988 e 2012, Willi Weber, 78 anos, sofreu um acidente vascular cerebral há cerca de um mês. O próprio ex-agente revelou o problema de saúde ao jornal alemão Bild.

Weber foi internado em um hospital de Stuttgart depois de ter se sentido mal e por lá ficou nove dias. Depois, iniciou o processo de reabilitação ao longo de três semanas. Agora, já em casa, continua com a recuperação. Willi já consegue se comunicar, anda e também se alimenta sem o auxílio de outras pessoas.

Willi Weber foi agente de Michael Schumacher por mais de 20 anos (Foto: Scuderia Ferrari)

À publicação, Weber contou como percebeu que havia algo errado. “Acordei à noite e queria beber um copo d’água, mas minha mão não respondia… Achei que era porque tinha exercitado muito a parte superior dos meus braços na academia pela manhã e dormi de novo”.

O ex-empresário de Schumacher foi transferido para o hospital de Stuttgart horas depois. “Não conseguia falar. Minha esposa ligou imediatamente para o médico de emergência. Na clínica, recebi o amargo diagnóstico de que tive um derrame cerebral. Perdi horas valiosas”, contou.

Willi contou que teve sorte, segundo depoimento dos médicos. Isso porque, depois de um mês, o alemão conseguiu alcançar um bom estágio no seu processo de recuperação.

“Ainda sofro um pouco na parte da fala, mas posso voltar a falar, voltar a comer e caminhar.  Rezo todos os dias para que continue assim. Não vou me deixar vencer”, concluiu.

Nos últimos anos, Weber se notabilizou por tecer comentários a respeito de Schumacher, que se recupera de grave acidente sofrido em dezembro de 2013, quando bateu a cabeça no momento em que esquiava na estação de Méribel, nos Alpes Franceses.

Depois de ter dito que Schumacher errou ao voltar à Fórmula 1 em 2010 com a Mercedes após ter se aposentado pela primeira vez com a Ferrari em 2006, após grandes anos de sucesso, o ex-agente disse que a esposa de Michael, Corinna, “teme que eu conte a verdade”, fazendo menção ao estado de saúde do heptacampeão, que segue sob sigilo a pedido da família.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar