Ex-empresário revela proibição de visitas à casa de Schumacher desde acidente: “Não pude visitar meu amigo”

Sem contato com Michael Schumacher desde o acidente de 2013, Willi Weber desabafou em seu Facebook. O antigo empresário do heptacampeão revelou que Corinna Schumacher, esposa de Michael, ainda não o permitiu visitas à casa da família. Agora, Weber lamenta que “a única chance é manter ele na memória”

Willi Weber, antigo empresário de Michael Schumacher, não recebeu autorização para visitar a casa do heptacampeão, vítima de um acidente de esqui em 2013. Weber revelou que Corinna Schumacher, esposa do ex-piloto, o proibiu as visitas, apesar de algumas tentativas de furar o cerco montado pela família.
 
Weber explicou a situação através de um post no Facebook. Lá, contou que não vê Michael desde o acidente e lamentou que, hoje, sua única chance de recordar Schumi é através da memória.
Weber gerenciou a carreira de Schumacher por muitos anos (Foto: Reprodução/Facebook)
“Corinna Schumacher me proibiu qualquer contato com Michael desde o acidente. Até hoje não pude visitar meu amigo após seu acidente, minha única chance é manter ele na memória”, lamentou Willi.
 
“Tentei de tudo para ir e visita-lo. Claro que vou permanecer ao seu lado para sempre, faria de tudo para melhorar essa situação. Seus comentários na internet são totalmente justificáveis”, finalizou.

Weber faz menção a uma série de críticas contra o gerenciamento da condição atual de Schumacher, comandado por Sabine Kehm. A assessora do heptacampeão adotou uma política radical, dando uma quantidade mínima de informações sobre o estado de saúde de Michael.

 
Poucas são as pessoas que receberam autorização para visitar Schumacher. Jean Todt, presidente da FIA, e Felipe Massa, ex-companheiro de equipe, são alguns dos poucos privilegiados. Mas Weber – empresário de Schumi desde 1989, quando o futuro campeão estreou na F3 Alemã – parece não ter passado pela rigorosa linha de corte da família.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

PADDOCK GP EDIÇÃO #11: ASSISTA JÁ

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar