F1 vive primeiro treino atípico na China com Ferrari de Alonso em primeiro. Massa acaba em décimo

Sob os olhares (atrás dos óculos escuros) de Marco Mattiacci, Fernando Alonso colocou a Ferrari e as novidades aerodinâmicas da F14T na primeira colocação do estranho primeiro treino livre em Xangai. A Mercedes de Nico Rosberg veio logo atrás. Os Felipes ocuparam posições intermediárias: décimo para Massa, 13º para Nasr

Fernando Alonso foi o mais rápido no primeiro treino livre da F1 na China nesta sexta-feira (18). O espanhol da Ferrari ainda colocou 0s3 em cima da poderosa Mercedes de Nico Rosberg. Daniel Ricciardo foi o terceiro. Felipe Massa acabou em décimo, enquanto o xará Nasr foi o 13º, andando novamente no carro de Valtteri Bottas.
 
Xangai viu uma curiosa mudança na hierarquia de forças da F1. Depois de mudar de chefe e de levar interessantes e camufladas atualizações para a F14T, a Ferrari foi que surgiu na frente no primeiro treino livre desta sexta-feira (18) para a etapa chinesa do Mundial. Kimi Räikkönen sequer trabalhou, é bem verdade, mas Fernando Alonso fez o seu com tranquilidade e liderou a sessão, com 1min39s783, impondo uma irônica vantagem de três décimos na poderosa Mercedes. 

O peculiar treino ainda testemunhou o bom desempenho da Red Bull e de Daniel Ricciardo, especialmente. O australiano, depois da mágoa pela perda do recurso junto à FIA, registrou o terceiro melhor tempo, à frente de Jenson Button e Nico Hülkenberg. 
 
A Williams colocou seus dois Felipes na pista. Massa foi melhor e fechou a atividade chinesa em décimo, três posições à frente de Nasr, que assumiu o FW36 do titular Valtteri Bottas.
Fernando Alonso foi o mais rápido no TL1 da F1 na China (Foto: Andrew Hone/Pirelli)
Confira como foi o primeiro treino livre da F1 em Xangai nesta sexta-feira

Foi envolta em um misto de poluição e neblina que a F1 iniciou no autódromo de Xangai o primeiro treino livre do fim de semana chinês da temporada. E quem apareceu logo no pit-lane foi Kevin Magnussen e sua limpa McLaren. Os dois pilotos da Mercedes seguiram o dinamarquês, assim como Fernando Alonso e a dupla da Toro Rosso. As saídas foram, como de costume, apenas para voltas de instalação.

Enquanto a Ferrari tentava esconder alguma possível novidade na F14T — a parte traseiro a veio com um design diferente para a prova chinesa —, Pastor Maldonado se distraia estranhamente perto da curva 9. O venezuelano ainda acabou escapando do traçado, rodou e por pouco não bateu, somando, portanto, mais uma barbeiragem ao extenso currículo.

Sem ação na pista, as equipes aproveitaram para passar informações. A Sauber avisou que devido a um problema de embreagem, Esteban Gutiérrez iria perder 40 minutos de sessão. Na garagem da Ferrari, a Kimi Räikkönen também teria de ficar mais tempo nos boxes. Na Williams, Felipe Nasr assumiu o FW36 no lugar de Valtteri Bottas, enquanto Giedo van der Garde guiava o carro de Adrian Sutil.

Sergio Pérez saiu e logo relatou problemas com relação à falta de aderência do asfalto chinês — a Pirelli já havia alertado sobre a dificuldade de acerto dos pneus por conta das temperaturas mais baixas em Xangai. Felipe Massa veio logo a seguir e já abriu o cronômetro.

 

O brasileiro registrou em sua primeira tentativa 1min42s725, usando os pneus médios, os compostos mais duros para esta etapa. Magnussen se posicionou em segundo, com 1min44s161. Enquanto isso, Jules Bianchi driblava uma falha do sistema de combustível de sua Marussia.

A tabela mudaria um minuto depois, apesar dos relatos de alguns pilotos, inclusive, Massa, sobre pontos com chuva ao longo do suntuoso traçado chinês. Nico Rosberg imediatamente pulou para a ponta com 1min41s063. Alonso surgiu na sequência, quase quatro décimos pior. Lewis Hamilton se colocou em terceiro, à frente de Jenson Button e Magnussen.

Rosberg, então, permaneceu um pouco mais no circuito e foi melhorando até alcançar 1min40s840. Aí voltou aos boxes. Alonso também baixou sua marca para 1min41s304. Hamilton era o terceiro, à frente de Nico Hülkenberg, Massa, Button, Daniel Ricciardo, Magnussen, Sebastian Vettel e Jean-Éric Vergne. Nasr vinha em 13º. Já  Räikkönen saía pela primeira vez nesse meio tempo.

Com 50 minutos para o fim, a pista esvaziou. E quem rompeu o silêncio cerca de dois minutos depois foi Romain Grosjean. O francês andou forte com a Lotus e saltou para o sétimo posto, com 1min42s090. E permaneceu na pista, tendo a companhia Vettel e Daniil Kyvat, que saltaria para oitavo sem demora, antes de rodar na curva 1.

Pouco tempo depois, a Ferrari mandou Alonso de volta à pista. E o espanhol surgiu com o primeiro tempo ao virar 1min39s783. Ricciardo, Vergne, agora em terceiro, Hülkenberg, Massa e Button também melhoravam suas marcas.

Portanto, Alonso vinha na ponta, à frente de Ricciardo — 1s atrás —, Rosberg, Button, Hülkenberg, Magnussen, Vergne, Hamilton, Vettel e Massa, que completava o top-10. Nasr era apenas o 15º e ainda permanecia nos boxes.

Aí a Mercedes fez Hamilton voltar ao trabalho com 28 minutos para o fim. Magnussen, Grosjean, Marcus Ericsson seguiram o exemplo do inglês. Porém, o vice-líder do Mundial sequer tentou novo tempo e voltou aos boxes.

Os dez minutos finais viram uma intensa movimentação na pista. Rosberg veio forte e ficou a três décimos de Alonso, pulando para segundo. Ricciardo ainda era o terceiro, com Button em quarto e Hülkenberg em quinto.

Os últimos instantes ainda acompanharam uma escapada de pista de Rosberg e uma rodada de Kvyat. E só. Alonso ficou mesmo na frente, em uma curiosa reviravolta na Ferrari. Rosberg e Ricciardo completaram o top-3.

A segunda sessão começa às 3h (de Brasília), com cobertura em tempo real do GRANDE PRÊMIO.

GRANDE PRÊMIO EUROBIKE: mostre que você sabe tudo de F1
neste bolão e faça agora suas apostas para o GP da China


F1, GP da China, Xangai, treino livre 1:

1 14 FERNANDO ALONSO ESP FERRARI 1:39.783   20
2 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:40.181 +0.398 16
3 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL RENAULT 1:40.772 +0.989 23
4 22 JENSON BUTTON ING McLAREN MERCEDES 1:40.970 +1.187 23
5 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:41.175 +1.392 16
6 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN McLAREN MERCEDES 1:41.366 +1.583 20
7 25 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TORO ROSSO RENAULT 1:41.505 +1.722 26
8 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:41.560 +1.777 9
9 1 SEBASTIAN VETTEL ALE RED BULL RENAULT 1:41.629 +1.846 19
10 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:41.699 +1.916 14
11 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO RENAULT 1:41.977 +2.194 23
12 8 ROMAIN GROSJEAN FRA LOTUS RENAULT 1:42.090 +2.307 24
13 40 FELIPE NASR BRA WILLIAMS MERCEDES 1:42.265 +2.482 13
14 36 GIEDO VAN DER GARDE HOL SAUBER FERRARI 1:42.615 +2.832 16
15 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:42.733 +2.950 13
16 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS RENAULT 1:43.731 +3.948 22
17 10 KAMUI KOBAYASHI JAP CATERHAM RENAULT 1:44.038 +4.255 16
18 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX SAUBER FERRARI 1:44.162 +4.379 17
19 17 JULES BIANCHI FRA MARUSSIA FERRARI 1:44.270 +4.487 7
20 4 MAX CHILTON ING MARUSSIA FERRARI 1:44.782 +4.999 20
21 9 MARCUS ERICSSON SUE CATERHAM RENAULT 1:44.835 +5.052 22
22 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI     1
    TEMPO 107% TL1   1:46.768 +6.985  
               
RECORDE MICHAEL SCHUMACHER ALE FERRARI F2004 1:32.238 26/09/2204  
MELHOR VOLTA MICHAEL SCHUMACHER ALE FERRARI F2004 1:32.238 26/09/2204  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube