Alonso vê melhora da Alpine e se defende de críticas por desempenho: “Injustas”

Fernando Alonso rebateu às críticas sobre seu desempenho e disse não estar preocupado com isso nas próximas etapas da temporada de 2021

Acidente do líder, erro do campeão e vitória de Pérez: os melhores momentos do GP do Azerbaijão (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Na relargada da corrida do GP do Azerbaijão, nas ruas de Baku, as câmeras da transmissão de TV estavam longe de Fernando Alonso. Mesmo assim, o piloto da Alpine não deixou de fazer muito bem seu trabalho: partiu da décima para a sexta posição do grid. Em seis etapas até aqui, foi o melhor rendimento do espanhol que, além de pontuar, ficou à frente de seu companheiro de equipe, Esteban Ocon, que abandonou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Alfa Romeo escapa de Haas e Williams e vive em categoria própria na F1

Como forma de explicar o avanço na corrida e desempenho, Alonso relatou que a equipe fez mudanças no A521 e focou especialmente num ponto crucial: o gerenciamento de pneus.

“Acho que entre Mônaco e Baku trabalhamos no carro para entender nossos problemas e analisar o motivo de não tirarmos melhor proveito dos pneus em Mônaco”, explicou.

Fernando Alonso se aproveitou das reviravoltas do GP do Azerbaijão para terminar a prova na sexta posição (Foto: Alpine)

Com relação a Ocon, Alonso rebateu às críticas ´por conta das derrotas constantes. É verdade que ainda tem um placar desfavorável na disputa com o francês, mas, mesmo assim, lembrou situações de outras equipes, como é o caso da McLaren de Lando Norris e Daniel Ricciardo.

“A opinião geral era que perdi muito tempo em relação ao meu companheiro de equipe, mesmo em comparação com outros pilotos que mudaram de equipe este ano, Daniel ou quem quer que seja”, disse.

“Não acho que [essas críticas] sejam justas, porque que há uma grande diferença entre o que os outros vivenciaram e o que eu vivi. Eu sabia que era apenas uma questão de tempo [para se equiparar a Ocon]. Desta vez foi tudo bem, mas acho que há mais a fazer. Não estou preocupado com o meu desempenho”, concluiu Alonso.

Fórmula 1 volta em dois fins de semana, nos dias 18-20 de junho, com o GP da França.

GP às 10: Azerbaijão exaltou os humilhados na F1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar