Alonso mostra realismo sobre chances de pódio em 2021: “Precisa ser um GP caótico”

Fernando Alonso sabe que é cada vez mais difícil conquistar um pódio na Fórmula 1. Por isso, o espanhol acredita que só em uma corrida bem bagunçada é que a Alpine vai ter outra chance até o fim de 2021

A Alpine conseguiu chegar ao pódio apenas uma vez na temporada 2021, no bagunçado GP da Hungria, quando Esteban Ocon venceu praticamente de ponta a ponta. O outro piloto do time, Fernando Alonso, ainda não teve essa oportunidade e acredita difícil experimentar o sentimento ainda neste ano.

Antes do GP da Rússia, o bicampeão mundial da Fórmula 1 analisou a situação da Alpine, atual quinta colocada no Mundial de Construtores, e não vê o time com chances de novos pódios sem corridas caóticas até o fim do campeonato.

“Acho que somos a quinta ou a sexta equipe mais rápida. Logo, para conseguirmos um pódio, precisa ser uma corrida bem caótica. Sem isso, acho que pela performance, o top-6 ou top-7 é o máximo. Conseguimos isso em algumas corridas e estou feliz por essa consistência”, disse Alonso.

Fernando Alonso ainda não foi ao pódio em 2021 (Foto: Alpine)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Você precisa ser bem sortudo para conseguir um pódio. Não estive tão distante, mas não espero nada nas corridas restantes. Se aparecer, óbvio, será muito bem-vindo, mas precisamos trabalhar com expectativas realistas”, seguiu.

Atualmente, Alonso aparece na décima posição no campeonato, com 50 pontos conquistados. Seu melhor resultado foi na Hungria, quando terminou a corrida na quarta posição. Além disso, o espanhol já conquistou um par de sextos lugares, no Azerbaijão e na Holanda.

A Fórmula 1 volta a acelerar neste fim de semana para a disputa do GP da Rússia, 15ª etapa da efervescente temporada 2021. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar