Ferrari prega otimismo e diz que pode “colocar pressão” na Red Bull em 2024

Frédéric Vasseur, chefe da Ferrari, valorizou o bom desempenho da SF-24 e afirmou que Charles Leclerc e Carlos Sainz podem pressionar a Red Bull em 2024

A Ferrari evoluiu de forma considerável com a SF-24 e começou a nova temporada da Fórmula 1 despontando como a segunda força clara do grid. Frédéric Vasseur, chefe da equipe, se mostrou feliz pelo desempenho apresentado até agora e está confiante de que o novo bólido tem uma boa margem para evolução. Por isso, acredita que vai ser capaz de pressionar a Red Bull em algum momento.

Apesar do progresso alcançado em 2024, a Ferrari ainda continua distante da Red Bull. A equipe austríaca não teve grandes dificuldades para cravar duas pole-positions e fazer duas dobradinhas lideradas por Max Verstappen nas duas primeiras corridas do ano.

Relacionadas


Mesmo com o domínio dos austríacos, Vasseur está confiante de que Charles Leclerc e Carlos Sainz serão capazes de desafiar Max Verstappen e Sergio Pérez em algum momento. O dirigente traçou um paralelo com 2023 e afirmou que a SF-23 era um carro muito mais defasado e nem um pacote robusto de atualizações seria capaz de colocá-la na briga pela ponta. 

Porém, com o projeto de uma SF-24 “95% diferente”, Vasseur espera uma temporada de mais sucesso com a equipe de Maranello.

Frédéric Vasseur está trabalhando em uma reestruturação da Ferrari na F1 (Foto: Ferrari)

“Não quero ser pessimista, porque foi um bom fim de semana e temos de ser otimistas e precisamos aproveitar estes momentos, mas está claro que a Red Bull ainda está à frente. Na classificação eles têm talvez 0s2 ou 0s3 de vantagem sobre nós, e na corrida um pouco mais. Mas é difícil estimar porque não sabemos se eles estavam se esforçando ao máximo”, disse o dirigente.

“Mas o sentimento é mais positivo, pois você sabe que, se der um passo à frente, pode colocar alguma pressão neles. Quando estávamos 1s atrás era inútil, mas agora com uma boa largada podemos estar lá, podemos lutar. Acho que em Jedá foi muito fácil ultrapassar porque tinham uma velocidade máxima melhor – foi uma escolha –, mas em algumas ocasiões teremos oportunidades”, finalizou o chefe da Ferrari.

Fórmula 1 volta entre os dias 22 24 de março com o GP da Austrália, terceira etapa da temporada 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do fim de semana.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️  Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.