Ferrari segura Leclerc até final de 2029 na F1 e estuda opções de renovação com Sainz

A informação é do jornal italiano La Gazzetta dello Sport, que afirma que Charles Leclerc fica na Ferrari por mais cinco anos após o atual contrato. Carlos Sainz deseja renovar por mais duas temporadas, porém a escuderia de Maranello quer estudar o mercado de pilotos

Charles Leclerc ainda terá um longo caminho pela frente ao lado da Ferrari na Fórmula 1. De acordo com o jornal italiano La Gazzetta dello Sport de domingo (3), o monegasco estendeu o contrato atual, que termina ao final da temporada 2024, em mais cinco anos, mas ainda estuda as opções de renovação com Carlos Sainz.

Na semana do GP de Abu Dhabi, o último de 2023, o jornalista Leo Turrini, da Sky Sports italiana, noticiou que tanto Leclerc quanto Sainz haviam renovado contratos com o time de Maranello “para além de 2024”. A Gazzetta, contudo, deu mais detalhes, afirmando que o novo acordo com o #16 vai até o final de 2029.

A publicação diz ainda que o anúncio “é iminente”, e o salário de Leclerc passaria dos atuais € 25 milhões (cerca de R$ 133 milhões) para € 50 milhões (R$ 265 milhões). Há, contudo, uma cláusula de desempenho que permitiria o rompimento do vínculo ao final do terceiro ano — ou seja, 2027.

Já o futuro de Sainz é um pouco mais incerto, por mais que seja de conhecimento público que o desejo do espanhol é permanecer com a escuderia do cavalinho rampante. A questão, informou o periódico, é que Sainz quer um contrato de dois anos, porém a Ferrari não está muito disposta a aceitar por querer avaliar o mercado de pilotos. Lando Norris, por exemplo, surge como um dos alvos dos italianos.

Ferrari parece mais certa sobre Leclerc do que Sainz, afirma La Gazzetta dello Sport (Foto: Ferrari)

Para Sainz, nesse caso, restaria Red Bull, uma vez que Sergio Pérez não deve renovar para 2025, McLaren, caso a vaga de Norris fosse aberta, e a Audi, que já teve o nome ligado ao espanhol, porém o #55 negou a existência de qualquer negociação.

O que se tem de concreto até o momento é uma declaração dada no início desta semana pelo próprio presidente da Ferrari, John Elkann, ao comentar o futuro da dupla titular do grid da Fórmula 1. “Sainz e Leclerc? Eles vão ficar, é claro”, concluiu.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.