FIA adia para quinta-feira decisão sobre recurso da Haas no resultado do GP dos EUA

O resultado da audiência que vai julgar o recurso da Haas por punições a rivais por limites de pista no GP dos EUA foi adiado para a quinta-feira, em nova sessão com a FIA

A Haas vai ter de esperar mais um dia para saber se o pedido de revisão do resultado do GP dos EUA vai ter sucesso. Na tarde desta quarta-feira (8), a FIA informou que a audiência será retomada apenas na quinta-feira (9), para que os comissários avaliem se a mudança nos tempos finais da corrida de três semanas atrás deve acontecer.

Na última sexta-feira (3), a equipe americana enviou uma carta de 28 páginas à FIA fazendo valer seu direito de revisão. A questão dos limites de pista, que já foi uma dor de cabeça para a Fórmula 1 em etapas como Áustria e Catar, voltou a aparecer nos EUA. De acordo com os sensores, 35 incidentes relacionados à regra foram identificados, mas apenas Alexander Albon foi punido, com 5s.

A questão é que a Haas analisou as câmeras onboard de todos os carros que disputaram a etapa americana e encontrou um número muito maior de infrações, o que motivou a equipe a buscar uma apelação junto à entidade. Após o fim da corrida, imagens do RB19 de Sergio Pérez indicaram que o mexicano também passou por fora dos limites na curva 6 cerca de 21 vezes.

Ainda segundo o time americano, três outros pilotos também escaparam e ficaram ilesos: Logan Sargeant deveria ter recebido três penalidades de 5s, Lance Stroll, outras 19 de 5s, e Pérez, na avaliação da Haas, incríveis 22 punições de 5s. Por isso, a FIA enviou um comunicado para Williams, Aston Martin e Red Bull comparecerem a uma reunião por videochamada nesta quarta-feira (8).

Nico Hülkenberg (Foto: Rodrigo Berton/Warm Up)

“A audiência que trata da petição de revisão apresentada pela Haas relativa aos documentos 59 e 66 emitidos durante o GP dos Estados Unidos foi adiada para que os comissários possam considerar de forma independente as submissões feitas”, diz o comunicado enviado pelo órgão regulador, completando que “todas as partes que participaram da primeira audiência serão convocadas mais uma vez na quinta-feira, 9 de novembro de 2023, às 15h (11h de Brasília, GMT-3)”.

“Assim que a audiência for convocada novamente, a decisão sobre se foi descoberto um novo elemento significativo e relevante que não estava disponível para a parte que solicitou a revisão no momento da(s) decisão(ões) pedida(s) será anunciada. A continuação da audiência sobre o mérito do caso depende do resultado desta deliberação”, concluiu a FIA.

Caso aceita, Nico Hülkenberg ganharia quatro posições em relação ao resultado atual, somando 6 pontos a mais na briga da Haas para escapar da última colocação no Mundial de Construtores.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.