FIA aprova suspensão temporária da escolha individual de pneus para cinco primeiras etapas de 2017

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou nesta quarta-feira (28) que vai suspender temporariamente a escolha individual de pneus para as cinco primeiras provas de 2017. A Pirelli já indicou quais pneus estarão disponíveis para as etapas da Austrália, da China, do Bahrein, da Rússia e da Espanha

A Pirelli vai ser a responsável por escolher os pneus para as cinco primeiras etapas da temporada 2017 da F1. A decisão foi confirmada nesta quarta-feira (28) pelo Conselho Mundial da FIA (Federação Internacional de Automobilismo).
 
Desde o início deste ano, os times e pilotos podiam escolher dez dos 13 conjuntos de pneus disponíveis para cada corrida, optando entre três tipos de pneus disponíveis.
 
Pelo regulamento, as escolhas de pneus têm de ser feitas com oito semanas de antecedência para eventos na Europa ou com 14 semanas de antecedência para as demais. Por isso, as escolhas para as primeiras provas de 2017 teriam de ser feitas antes mesmo dos testes da pré-temporada.
Pirelli vai escolher os pneus para as cinco primeiras provas de 2017 (Foto: Pirelli)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Como os pneus serão diferentes no próximo ano e nem todos os times tiveram a oportunidade de provar os novos compostos, o Conselho Mundial autorizou a Pirelli a definir quais pneus serão utilizados nas primeiras cinco provas do ano: Austrália, China, Bahrein, Rússia e Espanha.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois, o procedimento volta ao normal, mas os times e pilotos assumindo a responsabilidade pela escolha dos compostos de cada etapa.
 
“Apenas para os cinco primeiros eventos da temporada 2016, o procedimento normal de escolha de pneus pelo time não será utilizado, uma vez que a data limite acontece antes dos testes da pré-temporada”, disse a FIA em um comunicado. “Para estes eventos, o fornecedor [Pirelli] vai alocar dois conjuntos do composto mais duro, quarto conjuntos do composto médio e sete do mais macio para cada piloto”, anunciou.
 
Em meados de julho, Pat Symonds, diretor-técnico Williams, tinha pedido que a entidade máxima do automobilismo mundial suspendesse a escolha individual de pneus, já que apenas Red Bull, Ferrari e Mercedes terão algum tipo de experiência com os novos compostos antes da data limite para a escolha dos compostos.
 
PADDOCK GP #47 DISCUTE F1, FINAL DA INDY E FALA SOBRE ALEX ZANARDI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube