FIA arquiva debate sobre ‘Bicos de Gonzo’, mas planeja reavaliar situação para 2015, diz revista

De acordo com a revista germânica ‘Auto Motor und Sport’, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) não vai levar adiante o debate sobre os novos bicos da F1, mas pretende reavaliar a situação para a temporada 2015

Apesar da aparência duvidosa, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) não vai levar adiante o debate sobre os novos bicos da F1. Na semana passada, a entidade solicitou informações detalhadas sobre a estrutura dos bicos, para analisar se a frente dos carros é resistente o suficiente para proteger os pilotos em caso de acidente.
Apesar da aparência, FIA não vai seguir com debate sobre os novos bicos da F1 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
As informações solicitadas pela FIA se referem às áreas de corte transversal do nariz do carro e tomadas verticais e normais em relação à linha central do monoposto em pontos a 50mm, 150mm e 300mm a partir da ponta do bico.
 
De acordo com a revista germânica ‘Auto Motor und Sport’, a FIA não planeja levar o debate adiante, mas vai reavaliar a situação para a próxima temporada. “A FIA pretende clarificar as regras para 2015”, diz o relato da publicação.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube