Fiscal atropelado por trator que transportava carro da Sauber morre em decorrência dos ferimentos

A FIA confirmou que o profissional de 38 anos morreu após ser atropelado pelo trator que transportava o carro de Esteban Gutiérrez, batido na curva 1, de volta aos boxes da Sauber

A FIA confirmou no início da noite deste domingo (9) que o fiscal atropelado por um trator enquanto escoltava o carro de Esteban Gutiérrez de volta aos boxes da Sauber morreu em decorrência dos ferimentos. Ele havia sido transportado de helicóptero para o hospital em estado crítico e acabou não resistindo.

O fiscal de 38 anos, cujo nome ainda não foi divulgado, estava acompanhando a recuperação do carro de Gutiérrez, quando agachou para pegar o comunicador que havia caído e acabou sendo atingido pelas rodas do trator. O motorista do veículo disse que não viu o companheiro se abaixar.

O fiscal foi atropelado pelo trator (Foto: Twitter/F1McG)

Como o acidente aconteceu na saída dos boxes, a ambulância rapidamente foi acionada, e a equipe médica decidiu levar o fiscal de helicóptero para o hospital Sacre-Coeur, que fica na região de Montreal. Apesar disso, ele não resistiu aos ferimentos.

A FIA enviou nota lamentando a morte do fiscal. "O trabalhador, membro do Automóvel Clube da Ilha de Notre-Dame, foi vítima de um acidente infeliz que ocorreu no final desta tarde do GP do Canadá de F1. O operário estava ajudando a recolher um carro que havia parado durante a corrida. O trator estava levantando o carro para retornar aos boxes, quando o trabalhador deixou o rádio cair e, ao tentar pegá-lo novamente, tropeçou e foi atropelado pelo veículo que transportava o carro", explicou a entidade máxima do esporte a motor, no comunicado.

"O trabalhador foi transportado de helicóptero para o hospital Sacre-Coeur, onde recebeu tratamento no departamento de traumatologia do Dr. Ronald Denis, chefe adjunto do setor e do Dr. Jacques Bouchard, médico-chefe do GP do Canadá. Infelizmente, o fiscal não resistiu aos ferimentos."

"A FIA, o Automóvel Clube da Ilha de Notre-Dame e os organizadores e promotores do GP do Canadá de F1 deseja as mais profundas condolências à família e aos amigos da vítima. A identidade do trabalhador não pode ser revelada neste momento", encerrou a nota.

Essa é a primeira morte em um circuito durante um evento da F1 desde o GP da Austrália de 2001. Naquele ano, o também fiscal Graham Beveridge foi atingido por uma roda que atravessou a grade de proteção em decorrência do acidente entre Ralf Schumacher e Jacques Villeneuve.

A cobertura completa do GP do Canadá no GRANDE PRÊMIO
As imagens de domingo da F1 em Montreal
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube