Fórmula 1 confirma dois casos de coronavírus no paddock em nova bateria de testes

Dos 4.997 testes de Covid-19 realizados pela F1, dois acusaram infecção. Os contaminados, sem identidade revelada, foram afastados para garantir a realização do GP da Hungria

A Fórmula 1 voltou a encarar a presença do coronavírus em seu paddock. A categoria anunciou nesta sexta-feira (17) que, dos quase cinco mil testes realizados antes do GP da Hungria, dois retornaram acusando positivo para infecção de Covid-19. Os contaminados, sem identidade revelada, foram isolados com efeito imediato.

“A FIA e a Fórmula 1 podem confirmar hoje que entre a sexta-feira, dia 10 de julho, e a quinta-feira, dia 16, 4.997 testes de Covid-19 foram realizados em pilotos, equipes e funcionários”, explicou comunicado da F1. “Desses, duas pessoas testaram positivo. Os indivíduos não estavam presentes na Áustria. As pessoas afetadas foram removidas de suas funções e isoladas, assim como pessoas próximas”, seguiu.

“A FIA e a Fórmula 1 providenciam essa informação com o objetivo de ser transparente. Nenhum detalhe específico sobre equipe ou indivíduo será providenciado pela FIA e pela F1, com resultados sendo divulgados a cada sete dias”, destacou.

A F1 agiu rápido para impedir novas infecções por coronavírus no paddock (Foto: AFP)

Esta foi a terceira bateria de testes da F1. As duas anteriores, na ocasião dos GPs da Áustria e da Estíria, não apontaram presença de infectados.

A detecção rápida de infecção ajuda a categoria a evitar o colapso dos planos de continuar a temporada 2020. O GP da Austrália já foi cancelado justamente pela infecção de um funcionário da McLaren, criando situação em que a F1 já não tinha mais controle sobre quem estava saudável ou não.

O GP da Hungria acontece já neste fim de semana. A corrida encerra a primeira sequência de três GPs em três semanas na temporada 2020. O GRANDE PRÊMIO acompanha o fim de semana AO VIVO e em TEMPO REAL.

Já imaginou se as equipes de Fórmula 1 fossem times de futebol? Pois bem, Vinicius Alves, com a conta @cecvini no Twitter, decidiu exercitar a criatividade e fez o design de dez camisas com as pinturas atuais do grid. Quer ver como ficaram os uniformes da Mercedes preta, a Racing Point ‘Mercedes Rosa’, a Ferrari, McLaren e todas as outras? CLIQUE NA FOTO ou AQUI.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube