F1

FOTO: 18 anos depois, Räikkönen completa primeiras voltas em nova passagem pela Sauber em Abu Dhabi

Kimi Räikkönen pilotou um carro da Sauber pela primeira vez desde testou pela equipe suíça em setembro de 2000. O finlandês aproveita os testes em Abu Dhabi para inicial a preparação para 2019, quando vai formar dupla com Antonio Giovinazzi
Warm Up / VITOR FAZIO, de Berlim
 Kimi Räikkönen (Foto: F1/Twitter)


 

Kimi Räikkönen já é piloto da Sauber outra vez. Dois dias após o fim da sua segunda passagem pela Ferrari, o finlandês teve a chance de pilotar o carro suíço nesta terça-feira (27) durante os testes pós-temporada da Fórmula 1 em Abu Dhabi. Com um macacão todo branco, sem inscrições dos patrocinadores e da equipe, Räikkönen apareceu sorridente na garagem em meio aos seus novos colegas de trabalho.
 
O momento foi especial para a carreira de Räikkönen, que volta a pilotar um carro da Sauber após 18 anos. A primeira vez do nórdico num F1 foi em setembro de 2000, quando Peter Sauber lhe deu a chance de guiar o C19 — guiado por Mika Salo e Pedro Paulo Diniz na temporada dquele ano — em Mugello. No ano seguinte, a equipe suíça promoveu o piloto a titular na Fórmula 1, decisão tomada a contragosto da patrocinadora principal, a Red Bull, que queria na vaga o brasileiro Enrique Bernoldi.
Kimi Räikkönen voltou a pilotar uma Sauber 18 anos depois(Foto: Reprodução/Twitter)
É o regresso de um piloto que começou muito jovem, com apenas 21 anos, sua jornada na equipe suíça, provando ser uma aposta acertada de Peter Sauber. À época, Kimi tinha apenas a experiência de 23 corridas como piloto de F-Renault nos monopostos.

Não tardou para Kimi alçar voos mais altos por McLaren e Ferrari, alcançando o título mundial em 2007. O 'Homem de Gelo', aliás, é o último piloto da Ferrari campeão na F1.

Pela Sauber, Räikkönen tem a missão de dar sequência ao momento atual de crescimento. A equipe alcançou resultados acima das expectativas com Charles Leclerc, terminando o Mundial de Construtores em um honesto oitavo lugar. O monegasco, que vai justamente ocupar o lugar do nórdico no ano que vem, marcou seguidos Q3 na temporada, deixando Hinwil em alta para a sua grande missão em Maranello.

Kimi traz a experiência à dupla, que também vai contar com Antonio Giovinazzi, em vias de fazer a primeira temporada completa na F1. O italiano vai testar nesta quarta-feira, no encerramento das atividades de pista da F1 em 2018.
 
O teste, apesar de cheio de significados, começou devagar para Kimi. Ao longo da primeira hora de bandeira verde em Abu Dhabi, o finlandês só conseguiu o tempo de 1min42s762, mais de 4s pior que o anotado pelo líder – e agora ex-companheiro – Sebastian Vettel.
Foi em setembro de 2000, em Mugello, que Räikkönen testou o carro da Sauber pela primeira vez (Foto: Twitter)
Ao longo da sessão, Räikkönen passou das 80 voltas com o C37 e não enfrentou maiores problemas, cravando seu melhor tempo em 1min39s878, ficando na nona posição entre os 12 pilotos que foram à pista até o momento em Yas Marina. 
 
A sessão de testes coletivos que a F1 promove em conjunto com a Pirelli em Abu Dhabi acontece entre terça e na quarta-feira. Trata-se da última atividade da F1 em 2018, antecedendo as férias.