Gasly vê paralelo entre Bahrein 2018 e “melhor dia da vida” em Interlagos

Pierre Gasly conquistou o primeiro pódio da carreira e falou em sonho realizado. O francês tratou de traçar um paralelo com o GP do Bahrein de 2018, quando levou a mesma Toro Rosso ao quarto lugar

Pierre Gasly realizou o grande sonho neste domingo (17). Na verdade, como ele explicou depois da corrida, o sonho do momento, que deve já ter se transformado na primeira vitória. O francês finalmente fez o primeiro pódio na F1, no GP do Brasil, falou no dia mais feliz da vida e traçou um paralelo com o GP do Bahrein de 2018, quando foi quarto com a mesma Toro Rosso, na primeira demonstração de força do motor Honda.
 
Na coletiva de imprensa depois da emoção do pódio, Pierre admitiu que nem sonhava com pódio atualmente pela Toro Rosso, mas garantiu que sempre manteve a confiança na equipe e a motivação em alta.
 
"É o melhor dia da minha vida. Eu sonho com isso desde criança, em estar na F1. Aí eu cheguei, logo meu sonho virou ir para o pódio, hoje aconteceu. Sinceramente, não imaginei que isso fosse possível depois de voltar para a Toro Rosso, mas eu mantive meu trabalho, segui apoiando a equipe e dizendo a eles que tínhamos de fazer a nossa parte e, então, ver o que acontecia até o fim do ano. Hoje aconteceu", disse.
Pierre Gasly foi ao pódio no Brasil (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Gasly, que passou por um rebaixamento no meio de ano, perdendo vaga na Red Bull para Alexander Albon, mostrou impressionante reação desde a primeira corrida no retorno ao time de Faenza e, em Interlagos, liderou a F1 B desde a classificação, tendo uma prova de aproveitar oportunidades e, no fim, segurar de forma espetacular Lewis Hamilton por mais de duas curvas.

 
"Nós tivemos um ritmo muito bom hoje, mas era mesmo atrás das equipes grandes. Aí começou a parecer Bahrein 2018, quando fui quarto, no momento em que as Ferrari bateram. Aí eu sabia que o Lewis tentaria algo e me aproveitei daquilo com Albon. No fim, aquela chegada tão intensa, foi incrível o meu primeiro pódio", completou.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

Paddockast # 42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube