carregando
F1

Governo local libera Spa-Francorchamps com portões fechados para GP da Bélgica

Em comunicado emitido na manhã desta sexta-feira (15), o governo da Valônia, região onde fica localizado o circuito de Spa-Francorchamps, anunciou a reabertura parcial da localidade e confirmou a permissão para a retomada de treinamentos e também do GP da Bélgica. Com a ressalva de ser realizado sem a presença do público

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
No momento em que a Europa começa a retomar parcialmente os trabalhos após o pico da pandemia do novo coronavírus, o governo da Valônia, região da Bélgica em que está localizado o circuito de Spa-Francorchamps, anunciou medidas que permitem a realização da etapa no Mundial de F1, originalmente prevista para o fim de agosto. Em decisão oficializada na manhã desta sexta-feira pelo ministro-presidente da Valônia, Elio di Rupo, e o ministro da Economia da Bélgica, Willy Borsus, a realização do GP da Bélgica está autorizada. Desde que com portões fechados.
 
A expectativa do Liberty Media é de que sejam realizadas 19 etapas, todas em 2020, para cumprir com o programa da temporada da F1. O GP da Bélgica tem a previsão, nesta estrutura, de ser disputado em 30 de agosto, uma semana depois do GP da Espanha e uma antes do GP da Itália.
 
“O GP da Bélgica pode ser realizado com portões fechados, bem como todo o treinamento prévio necessário”, diz o comunicado, que reza também sobre novas diretrizes para os próximos meses, de liberação de treinamentos individuais na região do circuito belga.
Luz verde para o GP da Bélgica. Mas somente com portões fechados (Foto: Renault)
“É autorizada a retomada dos treinamentos para atletas profissionais individuais. Um máximo de 20 pessoas, por grupo, pode, portanto, retomar a pista sob a supervisão de um treinador. Essas sessões de treinamento poderão ocorrer com portões fechados”, informa a nota.
 
“O circuito de Spa-Francorchamps implementou uma série de medidas de saúde e prevenção (máscaras, viseiras, álcool gel), bem como distanciamento social, com o objetivo de cumprir as diretrizes emitidas pelas autoridades para garantir a proteção do meio-ambiente e da saúde dos seus clientes, organizadores, funcionários, comissários e parceiros”, acrescenta.
 
“Também foi estabelecido um procedimento específico em nível logístico e médico. As diretrizes para assegurar a segurança e a saúde de todos serão aplicadas estritamente e em total coordenação com nossos organizadores”, garante o governo da Valônia.
 
A decisão vem na esteira de abertura do esporte na Europa. Neste fim de semana, por exemplo, a Bundesliga — Liga Alemã de Futebol — retoma a temporada 2019/20 com partidas a partir deste sábado.
 
A Bélgica é um dos países europeus que mais registrou casos positivos de Covid-19: 54.288 pacientes testaram positivo, com 8.903 mortos até esta sexta-feira, de acordo com a última atualização registrada pela Universidade Johns Hopkins.

Paddockast #61
VETTEL: ACERTOS, ERROS E... AZAR NA FERRARI


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.