F1

GP às 10: China começa a se desenhar ponto intermédio de Austrália e Bahrein. E Leclerc enfrenta 'neguinha'

A terceira etapa do campeonato dá indícios de uma disputa propriamente dita entre as principais equipes do campeonato, analisa Victor Martins, que se diz curioso para saber como vai se portar Charles Leclerc sabendo que sua equipe segue privilegiando Sebastian Vettel

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
No GP às 10 desta sexta-feira (12), Victor Martins analisa que o primeiro dia de treinos livres do GP 1000 da história da Fórmula 1, na China, é uma espécie de mix entre o GP da Austrália, dominado pela Mercedes, e o do Bahrein, que teria domínio da Ferrari de Charles Leclerc, com o adendo da presença de Max Verstappen. O monegasco, aliás, também foi tema breve da análise do jornalista na mesma linha: diante da postura da equipe italiana, que já disse que Sebastian Vettel tem prioridade, como vai se portar o jovem: como em Melbourne ou como em Sakhir?

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.