GP às 10: China começa a se desenhar ponto intermédio de Austrália e Bahrein. E Leclerc enfrenta ‘neguinha’

A terceira etapa do campeonato dá indícios de uma disputa propriamente dita entre as principais equipes do campeonato, analisa Victor Martins, que se diz curioso para saber como vai se portar Charles Leclerc sabendo que sua equipe segue privilegiando Sebastian Vettel

No GP às 10 desta sexta-feira (12), Victor Martins analisa que o primeiro dia de treinos livres do GP 1000 da história da Fórmula 1, na China, é uma espécie de mix entre o GP da Austrália, dominado pela Mercedes, e o do Bahrein, que teria domínio da Ferrari de Charles Leclerc, com o adendo da presença de Max Verstappen. O monegasco, aliás, também foi tema breve da análise do jornalista na mesma linha: diante da postura da equipe italiana, que já disse que Sebastian Vettel tem prioridade, como vai se portar o jovem: como em Melbourne ou como em Sakhir?

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar