GP às 10: Verstappen põe Mercedes de joelhos e pavimenta caminho para título na F1

Parece cedo dizer, mas a forma como a Mercedes e Lewis Hamilton foram superados nas últimas corridas por Max Verstappen e a Red Bull, e a perspectiva de o W12 não ter mais nenhuma grande atualização, faz que o sonho do oitavo título esteja distante nesta temporada, avalia Fernando Silva no GP às 10

A vitória dominante de Max Verstappen, que liderou de ponta a ponta o GP da Estíria do último domingo (27), representou outra grande derrota para a Mercedes e Lewis Hamilton nesta temporada 2021. A conquista do holandês foi a segunda seguida e poderia ter sido a quarta se não fosse pelo estouro do pneu traseiro esquerdo nas voltas finais do GP do Azerbaijão. Verstappen agora está 18 pontos à frente do heptacampeão e ocupa a liderança do Mundial de Pilotos.

Talvez pareça cedo dizer, mas para Fernando Silva, no GP às 10 desta segunda-feira, o caminho da Red Bull para voltar ao topo da Fórmula 1 e quebrar um jejum que dura desde 2013 está traçado. O jornalista ressalta que a forma da equipe taurina e de Max Verstappen nas últimas corridas deixou a Mercedes perdida. Para piorar o quadro para a equipe de Brackley, Toto Wolff avisou que o W12 não vai mais receber grandes atualizações até o fim da temporada.

LEIA TAMBÉM
OPINIÃO GP: Red Bull inverte papéis, vira melhor equipe e vê Mercedes de mãos atadas

MAX VERSTAPPEN; GP DA ESTÍRIA; VITÓRIA; RED BULL RING;
Fernando Silva entende que Max Verstappen hoje trilha o caminho rumo ao título (Foto: Bryn Lennon/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Fernando Silva lembra que a Mercedes tem um histórico vitorioso e que jamais deve ser desprezada. Afinal, ninguém conquista sete títulos mundiais de Fórmula 1 à toa. Mas o jornalista lembra que o momento, hoje, é todo da Red Bull e de Verstappen, e apenas uma grande reviravolta poderia colocar a equipe de novo no caminho do título.

Silva ressalta também o grande mérito da Red Bull em fazer um trabalho primoroso para conseguir derrotar a Mercedes, uma façanha digna de nota e que, se tudo caminhar de fato para a maneira como se desenha, será algo inédito na era híbrida dos motores, dominada desde o início, em 2014, pela equipe chefiada por Toto Wolff.

Verstappen domina e vence na casa da Red Bull: os melhores momentos do GP da Estíria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar