Grosjean critica diferença salarial e considera remuneração de Hamilton “inaceitável”

Romain Grosjean acha ruim a disparidade salarial na Fórmula 1 e fez questão de citar Lewis Hamilton, um dos esportistas mais bem pagos do mundo, para exemplificar seu ponto

Assim como em outros esportes, a diferença salarial é um problema na Fórmula 1. Enquanto pilotos como Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo aparecem na lista dos esportistas mais bem pagos do mundo, outros precisam de ajuda constante para continuar na categoria por conta dos baixos salários no segmento.

Romain Grosjean, que é diretor da Grand Prix Drivers’ Association (GPDA), é um dos mais críticos sobre a diferença salarial na Fórmula 1. Para isso, ele fez questão de citar o caso do hexacampeão mundial Lewis Hamilton para exemplificar o abismo financeiro entre os pilotos do grid.

“Nós falamos disso na GPDA. Alguns são a favor, outros são contra. Eu acho que é inaceitável o Hamilton ganhar mais de £ 40 milhões enquanto alguns pilotos ganham £ 150 mil por ano para o mesmo trabalho”, declarou Grosjean.

“Mesmo assim, foi pontuado que, com teto salarial, nós quebraríamos a ordem das coisas. Quem investiria em um programa de jovens pilotos e pagaria para eles correrem se não vão conseguir tirar uma boa porcentagem do salário deles no futuro? Esse é o debate”, pontuou o francês.

Lewis Hamilton é um dos atletas mais bem pagos do mundo (Foto: AFP)

Na manhã deste sábado (4), Hamilton fez questão de afirmar que o salário de £ 40 milhões informado por alguns veículos de imprensa não passa de rumor, assim como a informação de que exigiria garantias para a renovação do contrato.

“Bom dia. A imprensa continua escrevendo sobre meu contrato, que estou fazendo exigências, mas sequer falei com Toto sobre isso. Não há exigências. A negociação sequer começou. Então, por favor, pare de fazer merda”, disparou o inglês em uma rede social.

A classificação no Red Bull Ring acontece às 10h (de Brasília) deste sábado. O GRANDE PRÊMIO transmite em tempo real todas as atividades do GP da Áustria de Fórmula 1.

Paddockast #67 | Barrichello melhor que Schumacher?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube