GUIA 2023: F1 insiste e dobra corridas sprint. E já que é para ficar, precisam ser apetitosas

Não dá para contra-argumentar: a Fórmula 1 realmente quer fazer das provas sprint um sucesso. A categoria dobrou o formato para 2023. Serão seis corridas ao longo do calendário já inchado de 23 etapas. E, já que é para ficar, elas precisam ser apetitosas para quem realmente importa: pilotos, equipes e fãs

Corridas sprint. Um formato que, desde sua fundação, em 2021, divide opiniões dentro e fora do paddock. Mas fato é que a Fórmula 1 tenta de todas as formas fazer delas um sucesso. Tanto que já aumentou a pontuação e, em 2023, também vai ampliar o número de corridas ao longo do campeonato.

Em seu ano de estreia, a Fórmula 1 apostou em apenas três provas e com menos pontos. A categoria colocou o novo formato em Interlagos, Monza e Grã-Bretanha. À época, apenas os três primeiros eram premiados — três pontos para o primeiro, dois para o segundo e um para o terceiro. É por isso que havia muitas discussões sobre valer ou não se arriscar por tão pouco e ainda ter chance de não conseguir participar da corrida principal no domingo.

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Corrida sprint do Brasil foi sucesso em 2021 e 2022 (Foto: Carl de Souza/AFP)

Em 2021, os pilotos completaram, ao todo, 59 voltas com apenas 18 pontos em jogo. Por isso, em 2022, a categoria aumentou a pontuação: o primeiro recebia oito tentos, o segundo levava sete e assim sucessivamente até a oitava colocação. As praças também mudaram: Interlagos seguiu entre as opções, enquanto Áustria e Ímola ocuparam as duas vagas restantes. Em três corridas, os carros completaram 68 voltas, com 108 pontos em jogo.

Um rumor que rondava o paddock do GP de São Paulo, que sediou a última sprint de 2022, era de que a Fórmula 1 gostaria de fazer da prova um evento isolado, como são em F2 e F3, sem ter influência na formação do grid de largada de domingo, o que encorajaria os pilotos a se arriscarem mais. Bom, isso não foi confirmado, mas a categoria já revelou quais praças vão receber o formato, que vai dobrar de tamanho no calendário: São Paulo, Azerbaijão, Catar, Áustria, Bélgica e Austin, nos Estados Unidos.

De acordo com a Fórmula 1, a seleção das praças foi “resultado de uma pesquisa com as pistas mais adequadas ao formato, incluindo oportunidades de ultrapassagem, corridas apertadas, setores de alta-velocidade — e está projetado para garantir a competitividade na ação de pista em todos os três dias dos fins de semana de GP”. O aumento de corridas sprint por ano era um desejo da F1 já para 2022, mas o plano teve de ser freado após desentendimento com a FIA.

A Fórmula 1 dobrou o número das sprint em 2023 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Com isso, serão 216 pontos em jogo e os pilotos completarão 117 voltas ao todo. E não há dúvida: a categoria chefiada por Stefano Domenicali fará de tudo para o formato permanecer. 

O aumento das sprint acontece no mesmo ano em que a F1 terá seu maior calendário da história — 23 etapas — enquanto o limite orçamentário das equipes cai para US$ 135 milhões (R$ 702 mi). Mais quebras, mais atualizações, mais fabricação de peças, mais trabalho. É por isso que boa parte dos times do grid se opõe ao formato, que pode fazer até uma pequena diferença ao pelotão intermediário, mas pouco significa para as ponteiras. 

Querendo ou não, vai acontecer. E se os ‘poréns’ acima não são suficientes, é melhor que a categoria trabalhe para entregar seu objetivo inicial: dar mais emoção ao fim de semana — e não apenas em Interlagos, mas em todas as praças. Afinal, já que é para ficar, tem de ser interessante… e não só para a organização, mas para quem está na pista, nos boxes e nas arquibancadas.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.