Hamilton diz que recuperação em Ímola “vai se mostrar valiosa” durante 2021

Lewis Hamilton pensou em abandonar a corrida após acertar o muro e ficar preso na brita em Ímola, mas resolveu voltar e acabou em segundo, conquistando pontos importantes e se mantendo líder do Mundial de F1

Lewis Hamilton escapou da pista enquanto perseguia Max Verstappen

Lewis Hamilton cometeu um raro erro no GP da Emília-Romanha do último domingo (18) – falha, esta, assumida por ele logo após a corrida -, mas também deu mostras de como é capaz de realizar uma recuperação praticamente perfeita e salvar todos os pontos possíveis.

O agitado domingo de Hamilton teve pole, perda da liderança já na largada, erro cometido, batida, ajuda com bandeira vermelha, recuperação e pódio em segundo. E, para o britânico, este final da lista importa – não só no momento, mas já pensando em toda a temporada 2021.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Como foi o GP da Emília-Romanha de Fórmula 1

Lewis Hamilton cometeu um erro durante a corrida em Ímola (Foto: Reprodução/TV)

“Acho, sem dúvida alguma, que voltar à segunda posição e conquistar estes pontos vai ser muito valioso durante a temporada. Se eu tivesse perdido 25 pontos, seria difícil recuperar graças ao fato de que a Red Bull tem um carro para ser campeã, é incrivelmente rápido”, comentou.

“Eles foram mais rápidos do que nós durante todo o final de semana, definitivamente na classificação, mas aparentemente na corrida também. Mas não sei se eles cometeram erros, se sim, Max cometeu só na classificação, porque ele deveria ter sido pole. Mas temos uma batalha de verdade e eu estou amando, bom também ver a McLaren no topo depois de tanto tempo, a Ferrari se mostrando forte, teremos muitas corridas vibrantes e desafiadoras para todos nós”, seguiu.

Hamilton também deu detalhes de como buscou a recuperação durante o GP, o que incluiu dar ré na brita e quase entrar na pista de maneira perigosa: “Assim que voltei fiquei aliviado, mas eu sabia que tinha ficado na brita por alguns minutos, então não tinha ideia do quão atrás estava. Eu achei que estava uma volta atrás, e quando confirmei isso não soube o que seria capaz de fazer.”

“Mas as condições estavam tão complicadas que era inevitável que algo acontecesse, todos trocando os pneus para seco, tive sorte e pude voltar para a mesma volta e, depois, para a corrida, estou agradecido. Definitivamente não achei que estaria no pódio quando estava ali, no muro. Mas lembro de olhar para o muro e me recusar a aceitar o fim da corrida, me recusar a acreditar que não dava mais. Eu poderia ter abandonado, mas estou feliz que não fiz isso”, finalizou o heptacampeão do mundo.

Como anotou a volta mais rápida da corrida, Hamilton foi a 44 pontos, contra 43 de Max Verstappen, e é o líder do Mundial.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar