Hamilton prevê Ferrari forte na Itália e pede “melhoria drástica” na Mercedes

Lewis Hamilton avaliou que a Mercedes precisa de uma “melhoria drástica” em sua velocidade de reta para poder encarar a Ferrari no GP da Itália. O #44 previu que o time de Maranello terá um fim de semana feliz em Monza

Lewis Hamilton cobrou uma melhora em termos de velocidade da Mercedes para o GP da Itália. O #44 considerou que, sem isso, ele e Valtteri Bottas acabam de mãos atadas.
 
No retorno das férias, a Ferrari se colocou dominante no GP da Bélgica, que foi vencido por Charles Leclerc no domingo (1)
 
0s9 atrás de Charles em Spa-Francorchamps, Hamilton avaliou que a Mercedes vai amargar mais uma derrota se não conseguir melhorar sua velocidade.
Lewis Hamilton pediu melhora na velocidade da Mercedes (Foto: AFP)
Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

“É tudo reta, então a Ferrari… muito provavelmente, vai ser um fim de semana feliz para a Ferrari nesse sentido”, disse Hamilton. “Quer dizer, esse fim de semana, acho que só na classificação nós estamos perdendo mais de 1s por volta”, seguiu.
 
“Então não tem muita coisa que eu e Valtteri possamos fazer nesse sentido e não têm muitas curvas lá para podermos compensar. Vai ser interessante”, comentou.
 
O GP da Itália, no entanto, acontece no próximo dia 8. Mas, apesar do pouco tempo entre uma corrida e outra, Lewis acredita que a Mercedes pode encontrar um caminho para melhorar.
 
“Nos próximos dias, de algum jeito, teremos de fazer algumas melhorias drásticas na nossa velocidade de reta”, alertou. “Não sei se isso é possível, mas, se alguém pode fazer isso, é o nosso time”, ponderou.
 
“Faremos nosso melhor, mas a posição também é tudo”, concluiu.
 

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar