F1

Hamilton relembra primeiro título “ainda garoto” e vê maior diferença para penta na “habilidade mental”

Lewis Hamilton viveu um dia marcante em Interlagos em 2008. O britânico levou o primeiro título da carreira e, ao voltar para a pista brasileira dez anos depois e pentacampeão, entende que ainda não era maduro como hoje e que cresceu especialmente no mental
Warm Up, de Interlagos / EVELYN GUIMARÃES, de Interlagos / GABRIEL CURTY, de Interlagos
 Lewis Hamilton e o pai e grande incentivador da carreira, Anthony (Foto: Twitter)
 
Lewis Hamilton chega ao GP do Brasil dez anos após a conquista de seu primeiro título mundial em uma das disputas mais duras de todos os tempos na F1. Em 2008, ainda com 23 anos, o inglês disputou até os segundos finais o caneco com Felipe Massa e levou a melhor sobre o dono da casa ao superar Timo Glock na última volta da última prova do calendário. 
 
Bem mais experiente e com outros quatro títulos na conta, o piloto explicou em coletiva acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO que cresceu, especialmente, no lado mental nesse espaço de dez anos e de ida da McLaren para a Mercedes.
 
"Ainda era um garoto em 2008, estava amadurecendo. Acho que não tinha a habilidade técnica e, principalmente, mental para superar as dificuldades, para minimizar as diferenças. Então, além de todo o amadurecimento técnico dos meus tempos de garoto, acho que o principal está nessa mentalidade, em ser mais centrado no que preciso fazer", disse.
Lewis Hamilton está bem mais maduro dez anos após seu primeiro título (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Ao ser questionado se lembrava o que se passava em sua cabeça quando perdia o título ao estar atrás de Sebastian Vettel e 18s atrás de Glock, na última volta, Hamilton brincou dizendo que não tem uma boa memória, mas lembrou que estava em uma fase de querer calar críticos.
 
"Não me lembro o que estava pensando na última volta em 2008. Na verdade, não lembro nem o que eu comi semana passada, mas eu era jovem, então acho que eu estava pensando em como o ano foi difícil, em como tive de vencer muitas pessoas, muitos comentários maldosos", completou.
 
Acompanhe todo o conteúdo em vídeo do GP do Brasil no nosso canal no YouTube Resultado de imagem para logo png youtube
 
GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathalia De Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.