Honda afirma que não foi consultada por outras equipes e deve seguir fornecendo motores apenas à McLaren em 2016

Yasuhisa Arai disse nesta sexta-feira, em Suzuka, que a Honda deverá seguir como fornecedora de motores apenas da McLaren no ano que vem, rejeitando os rumores de uma possível parceria com a Toro Rosso, que não deverá ter os motores da Renault

O rendimento abaixo da média neste primeiro ano de retorno à F1 faz com que nenhuma equipe tenha interesse em contar com os motores Honda na próxima temporada. Com boa parte do grid definido para 2016, a maioria das negociações visando o ano que vem estão no fornecimento de motores. Mas ao que tudo indica, a fábrica de Sakura seguirá apenas como parceira da McLaren. É o que garante o diretor-esportivo da montadora, Yasuhisa Arai.

Red Bull e Toro Rosso, em litígio com a Renault, lutam para ter um motor competitivo da Ferrari no ano que vem. Já a Lotus, hoje cliente da Mercedes, está prestes a ser adquirida pela Renault, abrindo assim uma vaga que pode ser ocupada pela Manor no ano que vem.

Yasuhisa Arai afirmou que a McLaren seguirá como única equipe a contar com os motores Honda em 2016 (Foto: Getty Images)

A situação incerta da Red Bull faz com que a sua equipe coirmã Toro Rosso seja ligada à Honda. Entretanto, Arai disse que não há tempo hábil para se preparar para fornecer suas unidades de força a uma nova equipe, praticamente fechando as portas para uma nova parceria na próxima temporada.

“Tenho respondido bastante a esta questão recentemente. Não tivemos qualquer tipo de oferta até o momento e acho que, para a Honda e qualquer outra fornecedora de motor, é um tempo difícil para preparar e fornecer para outros parceiros”, disse Arai em entrevista veiculada pela emissora britânica Sky Sports.

Em meio às enormes dificuldades com a McLaren, Arai disse que a prioridade é estreitar ainda mais os laços com a equipe britânica de modo a tornar a parceria forte em 2016. “E também, a Honda tem uma forte relação com uma equipe de trabalho, a McLaren Honda, e nós não temos qualquer plano”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube