Honda muda planos e ‘inventa’ duas atualizações no motor ainda em 2017 para tentar salvar ano e manter Alonso

O plano original da Honda era atualizar o motor por quatro vezes durante a temporada 2017, mas, como o ano está sendo um horror, o chefe Yusuke Hasegawa confirmou a cartada final: duas atualizações extras. Desta forma, a Honda irá tentar mostrar que há gasolina no tanque

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

O ano até agora tem sido completamente de derrota para a Honda na F1, desde a falta de potência de confiabilidade do motor até a negociação feita e logo desfeita com a Sauber, mas mesmo assim a fornecedora japonesa de motores se recusa a desistir de 2017. De acordo com o chefe da Honda na F1, Yusuke Hasegawa, a segunda parte da temporada terá a dois ou três atualizações a mais do que o planejado.

 
Originalmente, a Honda planejara que a unidade de força passasse por quatro atualizações durante a temporada. Mas, em entrevista à revista norte-americana 'Racer', Hasegawa afirmou que irá apresentar cinco ou seis no fim das contas.
 
"Vamos preparar duas etapas extras [de atualizações], mas poderão ser três", afirmou. "De qualquer forma, vamos continuar avançando. Também há coisas que pensamos a respeito de táticas sobre como gerenciar certos passos e a introdução de novas especificações. Claro que também precisamos evitar certas punições, especialmente em pistas como Singapura", disse.
 
Hasegawa afirmou ainda que o motor Honda avançou mais durante 2017 do que qualquer um dos quatro que fazem parte do grid da F1. Mas, como ele mesmo concluiu, isso apenas faz sentido. "Estamos diminuindo a diferença, mas é natural porque somos nós os que estamos seguindo – deveríamos ser [os que mais avançamos]."
Yusuke Hasegawa (Foto: Honda/LAT Photographic)
Mais do que salvar a temporada, a novidade da Honda para 2017 é uma última cartada para convencer Fernando Alonso de que há esperança e há oxigênio na parceria entre McLaren e a fábrica japonesa. No terceiro e último ano de contrato, o bicampeão mundial ainda não confirmou a renovação, mas é visto como fundamental para o renascimento da McLaren-Honda.
 
A F1 retorna à baila em dois fins de semana, no dia 27 de agosto, com o GP da Bélgica em Spa-Francorchamps.
PADDOCK GP #91 RECEBE TUKA ROCHA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube