Imprensa russa vê realização do GP ameaçada, mas organizadores descartam cancelamento da edição 2015

De acordo com a imprensa russa, o GP em Sochi corre o risco de ser cancelado por falta de recursos. Promotores da prova, entretanto, garantem a realização da etapa marcada para 11 de outubro

O futuro do GP da Rússia de F1 segue alvo de especulação. De acordo com a imprensa russa, a prova deste ano corre o risco de ser cancelada por conta de falta de recursos.
 
Segundo os meios de comunicação locais, os organizadores esperam uma ajuda de € 64 milhões (cerca de R$ 221,7 milhões) do governo de Moscou para manter a realização da prova, que já tem 20 mil ingressos vendidos.
Sochi estreou no calendário da F1 no ano passado (Foto: Ferrari)
Os responsáveis pela prova, entretanto, garantem a realização da etapa de Sochi e afirmam que os preparativos seguem dentro do previsto.
 
 “Estou certo de que o GP da Rússia será celebrado em Sochi em 2015 e nos próximos anos”, disse Sergey Vorobyev, promotor da etapa, à publicação norte-americana ‘Motorsport.com’. “Todos os trabalhos de preparação para a corrida seguem em frente e nada mudou”, garantiu.
 
Pelo acordo com Bernie Ecclestone, o governo da região de Krasnodar Krai é que vai pagar a FOM pela realização da corrida. O governador Veniamin Kondratiev garantiu que o dinheiro será emprestado pelo Ministério das Finanças.
 
“Existe um acordo com o Ministério das Finanças pelo qual ele nos concederá um empréstimo com orçamento do Estado”, explicou Kondratiev. “Sobre o empréstimo, se tiver dinheiro, o GP será realizado. Se não tiver, não tem F1”, continuou.
 
O promotor da prova não quis entrar no mérito do empréstimo e afirmou a venda dos ingressos vai cobrir os custos operacionais da prova.
 
“Não sou responsável por comentar isso”, afirmou Vorobyev. “Nosso objetivo é cobrir os custos operacionais com os ingressos da corrida, sem incluir a taxa da FOM. Tenho certeza de que vamos alcançar o objetivo de cobrir perdas com este evento”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube