Infectado, Pérez se diz “muito triste” e revela que foi ao México por acidente da mãe

Sergio Pérez, infectado com coronavírus, afirma ter sido cuidadoso nos dias de folga da F1. O piloto, visto até no México, diz que só deixou a Europa para visitar a mãe, em recuperação

A semana não é das melhores para Sergio Pérez, fora do GP da Inglaterra após testar positivo para coronavírus. O piloto, que vive um dos momentos “mais tristes da carreira”, fica no olho do furacão após viajar até o México e reacender debate sobre rigidez da FIA nos protocolos de combate à pandemia. Sergio se defende afirmando que só foi até Guadalajara para visitar sua mãe, que se recupera de “um acidente”.

“Eu fico extremamente triste. Esse é um dos dias mais tristes da minha carreira”, disse Pérez em vídeo divulgado nas redes sociais. “A dimensão da preparação que a gente fez para esse fim de semana, garantindo que estaríamos 100%… Fico muito triste que isso tenha acontecido, mas ajuda a mostrar como estamos todos vulneráveis a esse vírus. Eu segui todas as instruções da FIA e da minha equipe. Depois da Hungria, eu fui em um voo privado até o México para visitar minha família e ver minha mãe por dois dias. Ela teve um grande acidente e, quando ela saiu do hospital, pude ver ela. Voltei para a Europa do mesmo jeito que fui, seguindo todos os protocolos”, afirmou.

O acidente da mãe no México, entretanto, não ajuda a responder todas as perguntas sobre o paradeiro de Pérez durante as duas semanas de folga da F1. É que o piloto também foi visto na Itália, passeando com a esposa.

Sergio Pérez se manifestou após testar positivo para coronavírus (Foto: Racing Point)

Independente de possíveis descuidos, Pérez aproveitou a oportunidade para destacar a facilidade de se infectar com coronavírus.

“Não sei como peguei [o vírus]. Não tenho sintomas, o que mostra como somos vulneráveis. Quero agradecer aos pilotos que me apoiaram, assim como minha equipe, as autoridades, os fãs. É um momento difícil, mas tenho certeza de que voltarei mais forte”, encerrou.

Pérez está fora do GP da Inglaterra e possivelmente também do GP do 70° Aniversário, no próximo fim de semana. O favorito para ocupar o carro vago na Racing Point é Nico Hülkenberg, que viajou de última hora e já está presente no paddock de Silverstone.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube