F1

Kubica diminui duelo com Russell na França: “Lutar para não ser ultimo não é muito empolgante”

Robert Kubica não se animou com a briga com George Russell no GP da França e concluiu que fugir do último lugar não é lá muito empolgante. O piloto de 34 anos fechou a corrida em 18º

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Robert Kubica não se animou com a disputa contra George Russell no GP da França de domingo (23). O polonês de 34 anos avaliou que brigar pela penúltima colocação na Fórmula 1 não é lá muito animado.
 
Em meio a rumores de uma substituição na Williams, Kubica terminou uma corrida à frente de Russell pela primeira vez na temporada 2019, mas evitou se animar com a performance.
Robert Kubica não se animou por brigar com George Russell em Paul Ricard (Foto: Williams)
Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?



“A batalha com George Russell? Não aconteceu muita coisa”, disse Kubica à emissora portuguesa Eleven Sports. “Lutar para não ser o ultimo não é muito empolgante”, frisou.
 
“Foi uma corrida ok, o tanto que o equipamento permitiu”, concluiu.
 
Passadas as oito primeiras corridas da temporada 2019 da F1, a Williams segue sem pontuar no Mundial de Construtores. A líder Mercedes, por sua vez, já acumula 337 pontos.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.