Norris diz que Herta é “estrela” na Indy e revela apelido: “Hooligan”

Lando Norris destacou convivência com Colton Herta quando ambos ainda estreavam nos monopostos e revelou qualidade do americano em curvas de alta velocidade como origem do apelido

COMO ALONSO ABRIU AS PORTAS PARA O AZAR EM MIAMI NA FÓRMULA 1 2022

Enquanto a Fórmula 1 aumenta cada vez mais sua influência e participação nos Estados Unidos — com duas corridas no local programadas para 2022 e o GP de Las Vegas entrando em cena no ano que vem —, a categoria permanece sem um americano desde Alexander Rossi, em 2015. Mas isso pode mudar a partir da McLaren, que vai colocar Colton Herta — seu competidor na Indy e piloto de desenvolvimento da equipe — para testar o modelo MCL25M da escuderia britânica, utilizado no ano passado.

Herta é um conhecido de longa data de Lando Norris, que fez questão de elogiar o americano e destacar uma de suas principais características enquanto ambos estavam treinando para suas participações ainda nas categorias de base: as curvas de alta velocidade.

“Eu cresci com Colton [Herta], [principalmente] no final de 2014/2015, na minha primeira temporada em monopostos”, explicou Norris. “E quero dizer, seu apelido é Hooligan Herta. Porque existe um lugar em que ele era extremamente forte, que eram as curvas de alta velocidade”, revelou o piloto britânico.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Lando Norris é titular da McLaren na Fórmula 1 desde 2019 (Foto: McLaren)

“Sinto que sou decente, uma das minhas forças são as curvas de alta velocidade. Mas ele estava em outro nível em alguns aspectos”, alegou. “Ele quase sempre ia fora [da pista] por isso, e mesmo sem bater passava pela brita, sempre tínhamos que limpar seu carro depois por causa da quantidade de sujeira que tinha nele”, brincou Lando.

Norris novamente aproveitou para elogiar a qualidade de Herta e parabenizou o piloto da Indy pelo estágio que ambos alcançaram após correrem juntos na base — Lando como titular da McLaren na F1, e Colton pilotando pela equipe na Indy, um dos campeonatos de monopostos mais prestigiados do mundo.

“Mas é um ótimo cara, claro. Eu cresci com ele quando era mais novo por um bom ano ou dois”, disse. “É bom vê-lo, depois de onde estivemos em 2014, 2015, para agora, comigo na Fórmula 1 e claro, com ele ganhando corrida e sendo uma das estrelas da Indy”, celebrou.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Herta nunca fez questão de esconder o sonho de pilotar na Fórmula 1 (Foto: IndyCar)

Cada equipe do grid precisa dar a um piloto jovem duas sessões de treino livre ao longo do ano de 2022, e a McLaren ainda não anunciou oficialmente quem serão os seus. No entanto, levando em consideração principalmente as declarações do diretor-executivo Zak Brown, é muito provável que os nomes sejam os de Herta e do mexicano Pato O’Ward, que também defende as cores da equipe na Indy.

Chefe da equipe, Andreas Seidl se animou com a possibilidade de dar um período de testes a Herta em um futuro próximo, mas chamou atenção para os desafios envolvidos em deixar outra categoria e assumir um carro de Fórmula 1 — uma fera completamente diferente.

“É ótimo para nós testar novos pilotos talentosos e que merecem receber um teste desses, e Colton é definitivamente um deles”, elogiou Seidl. “Os resultados que ele tem produzido na Indy falam por si. Agora, estamos no processo de prepará-lo para o teste. Pular para um carro de Fórmula 1 é um grande teste por várias razões — o lado físico e o quão rápidos esses carros são”, encerrou.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar