Norris revela que desistiu de última volta do Q2 por falta de combustível da McLaren

Apesar de sair num pouco atraente 8º lugar na França, Lando Norris afirmou que podia ser pior, já que andou menos no Q2 por culpa da McLaren

Mick Schumacher perde controle e bate de leve em classificação do GP da França (Vídeo: F1)

O treino de classificação deste sábado (19), que definiu o grid de largada para o GP da França, não foi dos melhores para a McLaren. Lando Norris e Daniel Ricciardo largam, respectivamente, em oitavo e décimo. Mas podia ser ainda pior. Isso porque Norris precisou abandonar última volta rápida do Q2 uma vez que um problema da McLaren fez com que ficasse sem combustível o bastante.

De acordo com o piloto, um problema na hora de colocar o combustível fez que o carro ficasse sem o suficiente para dar três voltas. O que restou foi ficar na garagem torcendo para que Esteban Ocon e Sebastian Vettel não melhorassem suas voltas para tirá-lo do Q3. E deu certo.

“Tivemos um problema com o combustível, não estava entrando do jeito certo no carro, então eu não tinha combustível o bastante, o que é um problema. Não dei minha segunda volta, mas fiz o bastante na primeira volta para não nos custar muito. Tive sorte”, admitiu.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Confira a programação de TV do fim de semana

Lando Norris parte em oitavo na França (Foto: McLaren)
Paddockast #108: As ‘asas da discórdia’ na briga pelo título da F1

“A pista melhora o tempo todo. Creio que o vento mudou no fim do Q2, então me pegou de surpresa quando voltei para o Q3. Não é o cenário perfeito. Isso nos coloca na defensiva. Estou surpreso que não fiquei um pouco mais para trás quando tudo parecia melhorar”, afirmou.

Norris destacou que o carro estava razoável, sem grandes problemas de equilíbrio, mas simplesmente não estava ao nível de voltas lançadas das rivais próximas.

“O carro não era terrível. Sofremos um pouco para encontrar o equilíbrio perfeito nas diferenças entre curvas de baixa e alta velocidade. Nada grande, o carro não estava ruim de guiar. Creio que fiz uma volta decente – não foi perfeita, mas foi decente. Só não somos rápidos o bastante”, finalizou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do fim de semana do GP da França, em Paul Ricard, AO VIVO e EM TEMPO REAL. A corrida está marcada para as 10h (de Brasília) do domingo.

Briefing: Tudo sobre a classificação da F1 na França

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar