Norris vê Ferrari como “grande ameaça” para McLaren, mas diz: “É um bom desafio”

Com uma vantagem de apenas 12 pontos no Mundial de Construtores, Lando Norris vê a Ferrari como uma "grande ameaça" para a McLaren, mas não nega o gostinho do desafio: "Torna tudo mais emocionante"

Valtteri Bottas rodou dentro do pit-lane durante o segundo treino livre do GP da Estíria da F1 (Foto: F1/Reprodução)

A batalha para ser a terceira força da Fórmula 1 está mais viva do que nunca. E no GP da Estíria do último fim de semana, isso ficou bem claro: enquanto Lando Norris foi o ‘melhor do resto’ ao ficar na quinta colocação atrás das Red Bulls e Mercedes, Daniel Ricciardo se viu longe da zona de pontuação ao finalizar em 13º lugar. Já pelo lado da Ferrari, Carlos Sainz Jr. fez uma corrida segura, colou em Norris e ficou em sexto. Charles Leclerc, que teve problemas logo no início da prova, fez uma caótica corrida de recuperação e concluiu a etapa na sétima colocação. A briga é apertada e empolga Norris.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Opinião GP: Red Bull inverte papéis, vira melhor equipe e vê Mercedes de mãos atada

O jovem britânico, que se viu à frente dos dois SF21, acredita que a Ferrari ainda tem muito a mostrar e pode tirar vantagem sobre a equipe britânica se resolver os problemas de pneus com os quais tem lidado este ano.

“Eles estão instáveis”, disse Norris quando questionado sobre a batalha da McLaren com a Ferrari pelo site americano Motorsport.com. “Não é que eles tenham problemas a cada corrida. Acho que Paul Ricard foi particularmente ruim para eles, mas muitos circuitos serão mais adequados para eles do que para nós”.

Lando Norris sofreu com problemas na prova e terminou o GP da Estíria na quinta posição (Foto: McLaren)

No Mundial de Construtores, a disputa entre as duas equipes segue pegando fogo. A McLaren está à frente com 120 pontos. Já a Ferrari, 12 abaixo, fica com 108 tentos. Por isso que, para Lando, a equipe de Maranello segue como uma ameaça traiçoeira na competição.

“Eles são nossa grande ameaça no momento. Ainda estamos trabalhando duro, é por isso que não estamos dando nada como garantido no momento. E ainda temos que continuar melhorando o carro, porque uma vez que eles acertem tudo, eles podem facilmente estar à nossa frente. É duro”, explicou o britânico.

No entanto, Norris argumentou que a batalha com a Ferrari está fornecendo motivação extra para todos na equipe de Woking.

“Um desafio é sempre bom. Torna tudo mais emocionante, faz com que a equipe trabalhe muito, e a única vez que você não gosta é quando eles batem em você. Isso mantém todos trabalhando duro, até mesmo na fábrica, mas você também não quer que seja muito difícil”, declarou.

“Eu gosto porque me faz trabalhar muito e ultrapassar os limites assim. Espero que possamos fazer o mesmo na próxima semana”, concluiu Norris.

A temporada 2021 continua já neste fim de semana, na mesma pista de Spielberg, com o GP da Áustria. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar