Leclerc admite erro, mas critica asfalto “inaceitável” em área de escape

Charles Leclerc abandonou o GP da Alemanha, deste domingo (28), depois que de escapar da pista molhada de Hockenheim. O monegasco vinha perseguindo os ponteiros e acabou fora da disputa. O ferrarista criticou a área de escape, com asfalto e brita, pelo infortúnio

Depois de largar da décima colocação do grid, Charles Leclerc vinha tentando a recuperação em um GP da Alemanha marcado pela chuva. A corrida foi agitada e marcada por inúmeros incidentes, incluindo o dele próprio na volta 29, enquanto perseguia os ponteiros da corrida. 
 
Leclerc escapou na curva 15 e ficou atolado na brita, abandonando a prova na sequência. Aquele ponto do circuito alemão, aliás, vitimou outros pilotos, como Lewis Hamilton, Valtteri Bottas e Nico Hülkenberg. Diante disso, Charles fez críticas duras a "inaceitável" área de escape de Hockenheim.
Charles Leclerc abandona GP da Alemanha (Foto: AFP)

"Estava muito escorregadio", afirmou o piloto do carro #16. "A única coisa que posso dizer é que é inaceitável ter esse tipo de área de escape, com asfalto, ali nas últimas duas curvas. É como uma pista de arrancada, quando se sai ali, perde o carro e é muito perigoso", explicou Leclerc aos jornalistas.

 
Embora tenha admitido que cometeu um erro no incidente, o jovem seguiu com as palavras duras contra a área de segurança. "Então, o meu erro não foi tão grande, mas o fato de ter asfalto ali me fez perder totalmente o controle do carro."
 
"Mas isso não é uma desculpa pelo erro. Eu assumo toda a responsabilidade por isso. Mas acredito que esse tipo de coisa não deve existir em circuitos de F1", completou.

A Fórmula 1 retorna daqui a somente uma semana, em Hungaroring, para o GP da Hungria. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO E EM TEMPO REAL
 


 
Paddockast #26
Acidentes que alteraram carreiras

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube