F1

Leclerc diz que 5° lugar no grid na Austrália “é uma pena” e assume: “Não fiz meu trabalho no Q3”

O primeiro treino de classificação de Charles Leclerc pela Ferrari foi cercado de expectativa e, em certos momentos, até pareceu que ele poderia terminar à frente de Sebastian Vettel. Mas não foi o caso: segundo o próprio monegasco, falou “fazer seu trabalho” na parte final da sessão
Grande Prêmio / FELIPE NORONHA, de São Paulo
Muitos pensaram que Charles Leclerc poderia começar a andar à frente de seu companheiro Sebastian Vettel já na Austrália, na abertura da temporada - quer dizer, isso ainda é possível, já que o GP é apenas no próximo domingo (17), mas no treino de classificação deste sábado ele não conseguiu.

Na verdade, no Q1 e Q2 o monegasco chegou a liderar e avançou em ambas as partes na frente. Mas, na hora decisiva, falhou - na análise dele próprio.

Leclerc sai em quinto em Melbourne, contra um Vettel em terceiro. Entre eles ainda aparece Max Verstappen, único da Red Bull que saiu do Q1, já que Pierre Gasly foi outro que chegou à nova equipe com resultado abaixo do esperado

"Não estou feliz comigo mesmo. Não fiz meu trabalho no Q3, o que é uma pena. Vi o Q1 e o Q2 como muito positivos para mim. A primeira tentativa no Q3 foi ok, mas na segunda cometi um erro já na curva 1, e aí se tornou uma volta complicada", analisou Leclerc. 
Charles Leclerc (Foto: Ferrari)
Ele também disse que já havia "sofrido nessa pista ano passado", mas que tem certeza que as coisas serão melhores no domingo.

"É uma pena, ach oque o top-3 era perfeitamente alcançável. O top-2 não, mas trabalharemos para melhorar. Preciso trabalhar em certas coisas para ser melhor quando eu preciso ser", finalizou Leclerc.

A largada da primeira corrida do campeonato está marcada para 2h10 (horário de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP da Austrália, prova que abre a temporada 2019 do Mundial de F1. Siga tudo aqui.