Leclerc lamenta jejum de vitórias da Ferrari: “Sinto que está faltando algo”

A Ferrari é a única das três grandes equipes a não vencer na temporada 2019 da Fórmula 1. Charles Leclerc, que quase triunfou duas vezes, se sente incomodado, mas afirma que o trabalho forte colocará o time italiano de volta ao topo

Charles Leclerc é quinto colocado no Mundial de Pilotos da Fórmula 1, mas o monegasco da Ferrari esperava mais pontos na temporada 2019. Ele esteve muito perto de vencer duas vezes, no Bahrein e na Áustria, mas foi derrotado nas voltas finais de ambas as corridas.
 
No Oriente Médio, Leclerc liderava com folga até um problema de motor, que lhe fez terminar em terceiro, atrás de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas. Já na Áustria, foi superado por Max Verstappen na penúltima volta. O piloto acredita que falta algo, já que a Ferrari ainda não venceu em 2019.
 
"Eu sabia que vir para a Ferrari significava vitórias, e sinto que está faltando algo agora. Às vezes, temos dificuldades como um time, mas estamos tentando entender o que está errado e resolver", disse em entrevista ao site italiano ‘Formula Passion’.
Charles Leclerc está zerado (Foto: AFP)
Apesar do jejum de vitórias da Ferrari e de bater na trave duas vezes, Leclerc não se sente pressionado, e crê que o foco no trabalho é o mais importante para cruzar a linha de chegada em primeiro.
 
"Minha abordagem consiste em dar o meu melhor no carro, não penso no que os outros falam ou esperam. Eu foco no trabalho, e se tudo dar certo e eu fizer as coisas certas, os resultados virão. Estou bem convencido disso, a pressão não afeta. Eu não sinto", completou.

Paddockast #23
Lágimas em Le Mans

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube