Leclerc vibra com quinto lugar “além das nossas expectativas” no grid da Toscana

Charles Leclerc ressaltou o equilíbrio alcançado com a SF1000 para conseguir ser o melhor posicionado dentre os carros da Ferrari no grid da corrida que marca a milésima corrida da escuderia de Maranello na Fórmula 1

Depois de dois finais de semana muito difíceis, bem longe do top-10 tanto no grid de largada como nos GPs da Bélgica e da Itália, Charles Leclerc conseguiu dar algum motivo para a Ferrari sorrir. No fim de semana que marca a milésima corrida da escuderia de Maranello no Mundial de Fórmula 1, o monegasco confirmou a boa performance dos treinos livres em Mugello e alcançou o quinto lugar no alinhamento inicial do GP da Toscana na tarde deste sábado (12).

A posição de largada de Leclerc na Toscana é a segunda melhor da temporada, ficando só abaixo do quarto lugar do GP da Inglaterra. Na visão do monegasco de apenas 22 anos, o resultado em si foi bem além do que o esperado pela Ferrari.

F1; FÓRMULA 1; GP DA TOSCANA; MUGELLO; CHARLES LECLERC; FERRARI;
Charles Leclerc em ação diante das arquibancadas em Mugello (Foto: Scuderia Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Estou muito feliz com a volta no geral. Encaixei tudo, e o quinto lugar esteve além das nossas expectativas. Então, estou muito feliz. Monza e Spa foram muito difíceis para toda a equipe”, ressaltou o dono do carro #16.

Leclerc contou que uma das deficiências da SF1000 é encontrar o melhor ritmo em circuitos que exigem menor arrasto aerodinâmico, como Spa-Francorchamps e, principalmente, Monza. Em Mugello, mesmo com um trecho de reta de pouco mais de 1,1 km, trata-se de um traçado que exige um pouco mais de dowforce. E tal fator, na análise do piloto, foi fundamental para conseguir uma melhor pilotagem.

“Sofro muito para guiar o carro com acerto de pouco downforce, muito difícil com o equilíbrio, mas aqui nós encontramos o equilíbrio correto, e isso é muito bom dentro do carro”, ressaltou.

“Estamos perdendo performance no geral na luta com os caras da frente, mas o equilíbrio foi bom hoje. Isso me deu confiança, então pude tirar o meu melhor na volta de classificação. Foi complicado. Minha primeira volta no Q3 foi com pneus usados, depois coloquei pneus novos”, explicou Charles.

Para a corrida, Leclerc vai dividir a terceira fila com a Racing Point de Lance Stroll, tendo logo atrás a outra ‘Mercedes rosa’, de Sergio Pérez, além de Daniel Ricciardo, Carlos Sainz e Esteban Ocon. O monegasco prevê dificuldades para segurar os pilotos que vão largar próximos neste domingo.

“Esta é uma boa oportunidade, mas se você olhar para o ritmo que tivemos na sexta-feira, há alguns carros que são mais fortes que o nosso. Então, vai ser difícil mantê-los atrás, mas vou tentar”, concluiu.

O GP da Toscana de Fórmula 1 tem largada prevista para 10h10 (de Brasília) deste domingo. Antes, a partir de 9h, o GRANDE PRÊMIO traz a análise da classificação e traz todos os bastidores e últimas informações de Mugello AO VIVO no BRIEFING pré-corrida. Tudo na GP TV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube