Hamilton diz que filme com Brad Pitt vai servir para “expandir horizontes” da F1

Lewis Hamilton, que é produto-executivo do filme, entende que projeto vai ajudar a fazer mais gente ser picada pelo bichinho do automobilismo

Durante boa parte da temporada 2023, a Fórmula 1 se viu às voltas com uma produção autorizada de um filme que conta com a categoria como cenário. O projeto tem Brad Pitt e Lewis Hamilton como produtores-executivos e Pitt como estrela, ao lado de Damson Idris, recebeu luz verde para dividir espaço com o campeonato. Segundo Hamilton, vai servir para expandir horizontes e fazer mais gente ser picada pelo bichinho das corridas.

De acordo com Hamilton, o filme, que ainda não tem nome definido, é mais um passo rumo à expansão de mercados que a Fórmula 1 tem buscado desde que o Liberty Media comprou os direitos comerciais, no fim de 2016.

“O filme é um passo grande na direção de expandir o horizonte. Acho que isso é muito parte da nova liderança, com o Liberty e o ótimo trabalho que Stefano [Domenicali, presidente da F1] e Greg [Mafei, diretor-executivo do Liberty Media] estão fazendo ao se mostrarem abertos a novas coisas”, afirmou.

“É ótimo que estejamos embarcando em coisas que nunca dizemos antes. Acredito que é um trabalho realmente bom. Havia um holofote bem grande sobre a corrida de Vegas, algo que será parte importante de nosso filme, no qual estamos trabalhando o mais duro possível para que seja uma reflexão deste esporte lendário. Tanto de eras mais antigas como desta”, continuou.

Lewis Hamilton tem fortes expectativas sobre o filme da F1 (Foto: Mercedes)

“A mesma coisa com Miami: são grupos de fãs ótimos em cada uma dessas cidades, sempre rendendo atmosferas diferentes. Sempre senti que precisávamos de mais que uma corrida [nos EUA], porque as reclamações eram que as pessoas precisavam acordar às 4h ou 5h, no meio da noite [horário local], para assistir corridas. Aí, é difícil se envolver. Além disso, a F1 só ia ao país uma vez por ano. Agora realmente permitimos que o barulho continue [o ano todo]”, apontou.

“Mas precisamos continuar a crescer, e acho que o filme vai ajudar nisso. É o único esporte realmente internacional ou global, então temos de educar mais e mais pessoas nele. Ainda existe muita gente por aí que temos de fazer com que seja picada peçlo bichinho [do automobilismo]. Ainda podemos crescer bastante”, finalizou.

Além de Pitt e Idris, o elenco do filme conta ainda com o vencedor do Oscar Javier Bardem [‘Onde os Fracos Não Têm Vez’] e com o vencedor do Emmy Tobias Menzies [‘The Crown’]. Joseph Kosinski [‘Top Gun: Maverick’] é o diretor.

Embora Hamilton diga que a expectativa é de lançamento em 2025, após atraso por conta das greves de atores e roteiristas em Hollywood, o projeto atingiu um momento de crise, com dúvidas quanto ao uso de tudo que foi gravado até agora.

Fórmula 1 retorna apenas no ano que vem, no dia 2 de março, com a estreia do campeonato no GP do Bahrein. Antes disso, em fevereiro, realiza os testes coletivos de pré-temporada.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Calendário com 24 CORRIDAS e praças ROTATIVAS é bom caminho para EXPANSÃO da F1? | GP às 10
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.