Hamilton lamenta Mercedes “mais atrás da Red Bull do que esperado” no Bahrein

Lewis Hamilton sacrificou o ritmo de classificação para ir bem na corrida, mas não conseguiu se encontrar com o W15 e não foi além do sétimo lugar no GP do Bahrein

Lewis Hamilton não aprovou o ritmo apresentado pela Mercedes durante o GP do Bahrein, que aconteceu na tarde deste sábado (2). Depois de uma classificação difícil em que ficou apenas com o nono tempo, o heptacampeão esperava contar com um W15 mais competitivo na corrida para escalar o pelotão. Porém, isso não aconteceu e o britânico lamentou a falta de performance após fechar o dia em sétimo.

A Mercedes preparou um novo conceito para o carro da nova temporada da F1, mas ainda está longe de brigar constantemente por pódios e vitórias. Durante a etapa realizada no Bahrein, Hamilton até apresentou um ritmo razoável no primeiro stint, quando estava com os pneus macios, e andou próximo da dupla da McLaren. Porém, quando fez a troca para o pneu duro na volta 13, o #44 perdeu ritmo.

Relacionadas


Hamilton conseguiu superar Oscar Piastri após a estratégia aplicada pela Mercedes na segunda parada nos boxes, que aconteceu na volta 35. O movimento foi essencial para o #44 fechar o dia em sétimo, mas ainda assim não ficou contente com o resultado da equipe — ainda mais considerando que o companheiro George Russell largou de terceiro e concluiu a prova apenas em quinto.

Com o resultado abaixo do esperado, Lewis reconheceu que a Mercedes está pior do que se esperava e apontou que o desgaste de pneus foi um dos pontos fracos do W15.

Lewis Hamilton não foi bem na primeira corrida do ano (Foto: Mercedes)

“Pessoalmente, me sinto ótimo. O treinamento de inverno funcionou. Sinto uma decepção dentro da equipe, não vi ninguém [na pista], mas esperávamos por isso. E o desgaste dos pneus foi alto. Por isso, tem algumas áreas que precisamos melhorar. E estávamos mais atrás da Red Bull do que esperávamos”, disse Hamilton.

“Hoje foi uma luta no carro. Eu estava dando tudo, mas não havia muito desempenho ali. Foi uma questão de descobrir o que precisamos melhorar”, finalizou o piloto da Mercedes.

A temporada 2024 da Fórmula 1 continua já na próxima semana, entre a quinta-feira 7 e o sábado 9 de março, com o GP da Arábia Saudita, em Jedá. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades e transmite classificação e corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, na GPTV, o canal do GP no Youtube. Além disso, debate tudo que aconteceu na pista com o Briefing após segundo treino livre e classificação, além de antes e depois da corrida.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.