Hamilton se anima com chance de chuva e “estratégia interessante em jogo” na França

Lewis Hamilton revelou que trabalhou incessantemente com a equipe desde o primeiro treino livre para fazer diversas mudanças no acerto e ter o carro “em um bom lugar” para a classificação. O esforço valeu a pena e o ajudou a se colocar em segundo no grid. Para domingo, a esperança vem de todos os lados e até do alto

Verstappen voa em Paul Ricard e é pole: os melhores momentos da classificação do GP da França (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Lewis Hamilton começou o fim de semana pessimista e reclamando bastante do desempenho do carro da Mercedes em Paul Ricard. Mas desde o primeiro treino livre, o heptacampeão trabalhou muito em conjunto com a equipe para tentar melhorar o W12 e torná-lo mais competitivo. O resultado veio na classificação deste sábado (19). Hamilton lutou contra um voador Max Verstappen pela pole e, embora a posição de honra tivesse ficado distante por pouco mais de 0s2, Lewis garantiu um importante lugar na primeira fila do grid na França.

Cerca de 10 minutos antes do início do Q1, houve uma grande movimentação nos boxes da Mercedes em torno do carro de Hamilton. Os mecânicos da equipe correram contra o tempo para fazer uma mudança de última hora. O que, no fim das contas, deu muito certo.

LEWIS HAMILTON; F1; PAUL RICARD;
Lewis Hamilton comemorou a evolução da Mercedes neste sábado em Paul Ricard (Foto: Mercedes)

O tom ressabiado adotado na sexta-feira deu lugar a um discurso bem mais positiva depois da classificação. Sobretudo porque, além da confiança em um desempenho mais sólido, especialmente em ritmo de corrida, Hamilton acredita que pode ter chance especialmente em razão da possibilidade de chuva para domingo. Segundo o site especializado Weather Channel, o percentual de chance de pista molhada no horário da corrida é de 34%.

“Tem sido um fim de semana muito, muito difícil mentalmente, não fisicamente, simplesmente tentando colocar o carro em um bom lugar. Você não faz ideia em quantas mudanças fiz desde o primeiro treino, andando em círculos e voltando a lugar semelhante ao qual começamos”, contou o piloto de 36 anos logo depois da classificação. “No geral, estive muito infeliz no carro no fim de semana”, lembrou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Hamilton não se furtou a reconhecer o melhor trabalho do rival: Max Verstappen também é o líder da temporada 2021 e soma 105 pontos, contra 101 de Lewis.

“Parabéns ao Max, eles fizeram um trabalho incrível neste fim de semana e são incrivelmente rápidos. Eles têm um novo motor neste fim de semana e são rápidos na reta. Estamos curtindo demais essa briga”, destacou o heptacampeão.

Para domingo, o discurso de Hamilton é de mais confiança em poder lutar pra valer com a Red Bull de Verstappen. “Em ritmo de corrida, eles foram 0s1 ou 0s2 mais rápidos do que nós, mas o carro está num lugar diferente agora. Então, estou esperançoso. Vai haver estratégia interessante em jogo”.

“Então, também há uma chance de chuva, de modo que você vai ver o que os mestres da chuva vão fazer. Estou animado”, comentou. Depois, nas suas redes sociais, o britânico reforçou o tom de confiança: “Temos uma corrida nas mãos, e estou amando a batalha. Vamos seguir acelerando, lutando e dando tudo de nós”, escreveu.

O GP da França de Fórmula 1 tem largada marcada para 10h (de Brasília) deste domingo e vai contar com transmissão da Band na TV aberta e do serviço de streaming F1 TV Pro. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar