Mariana Becker deixa Globo e assina com Band para cobertura da Fórmula 1

Mariana Becker não teve seu contrato renovado com o Grupo Globo e deixou a emissora carioca depois de 27 anos. Mas a jornalista gaúcha não vai ficar fora das transmissões da Fórmula 1 e será a mais nova integrante do time da Band a partir de 2021, o GRANDE PRÊMIO pode confirmar

A Band traz a perspectiva de contar com um time do mais alto gabarito no seu retorno às transmissões do Mundial de Fórmula 1 na TV brasileira. A emissora sediada no Morumbi, em São Paulo, vai contar a partir desta temporada com a jornalista Mariana Becker em seus quadros. Um dos principais nomes dos quadros do Grupo Globo na cobertura da F1 nos últimos 13 anos, a gaúcha de Porto Alegre não teve seu contrato renovado e deixou a empresa ao fim do ano passado, na esteira da desistência do grupo em seguir transmitindo o Mundial. Mas a repórter de 49 anos não vai ficar longe da principal categoria do esporte a motor, uma vez que vai integrar a equipe da Band a partir de 2021. A informação foi publicada inicialmente pelo site Na Telinha neste sábado (6) e é confirmada pelo GRANDE PRÊMIO.

Mariana é casada com Jayme Brito, produtor-executivo da F1 na Globo e dono de grande abertura perante o Liberty Media, empresa dona dos direitos comerciais da Fórmula 1. Jayme, que também deixou o Grupo Globo ao fim de 2020, foi peça importante na costura do acordo entre Band e Liberty e, a reboque, também ajuda a emissora paulistana a construir a equipe de cobertura para as transmissões do Mundial.

Mariana Becker foi a entrevistada da edição #57 do Paddockast, o podcast do GRANDE PRÊMIO

Transmissões que terão como principal nome o do jornalista Reginaldo Leme. O comentarista de longa data do Grupo Globo deixou a empresa ao fim de 2019, logo depois do GP do Brasil daquela temporada, e foi contratado pela Band em 7 de dezembro para ser uma das vozes do canal nas transmissões da Stock Car, a mais importante categoria do automobilismo brasileiro e que passou a ter a emissora como detentora dos direitos para TV aberta.

MARIANA BECKER; FÓRMULA 1;
Mariana Becker se consolidou como um dos principais nomes da cobertura da F1 na Globo. Agora, vai partir para uma nova casa (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Com Reginaldo Leme, Mariana Becker e Jayme Brito como importantes pilares, a Band assegura as bases de um time de bastante cancha para liderar a missão de voltar a transmitir o Mundial de Fórmula 1 depois de 41 anos.

Quando ainda era chamada de TV Bandeirantes, o canal foi o primeiro da televisão brasileira a exibir ao vivo e na íntegra as etapas da temporada do Mundial de Fórmula 1, o que aconteceu em 1980.

MARIANA BECKER; FÓRMULA 1;
Mariana Becker participou das coberturas da F1 no Grupo Globo por 13 temporadas (Foto: Reprodução)

À época, Galvão Bueno, hoje consagrado como o maior narrador esportivo do país, integrava a equipe de transmissão da emissora, assim como o também narrador Fernando Solera, o comentarista Giu Ferreira e Álvaro José na reportagem ao lado de Ana Aragão. ‘Alvinho’, como também é conhecido, faz parte da Band até hoje e se consagrou como importante e versátil comentarista dos mais variados esportes olímpicos.

A temporada 2021 do Mundial de Fórmula 1, tendo agora a Band como emissora responsável pelas transmissões no Brasil, vai começar em 28 de março com a disputa do GP do Bahrein. Duas semanas antes, por três dias e a partir do dia 12, a principal categoria do esporte a motor vai realizar a única sessão de testes de pré-temporada, também no circuito de Sakhir.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube