Massa vê mudança na mentalidade de desenvolvimento do carro na Williams, mas diz que melhora “não é para agora”

Felipe Massa enxerga que a Williams deve evoluir com uma mudança significativa nos métodos de trabalho de desenvolvimento do carro, mas que os frutos só devem aparecer mesmo na próxima temporada. O brasileiro acredita que o novo modelo vai ser diferente até em termos de aparência em relação ao FW40 que pilota em 2017

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A chegada de Paddy Lowe, oriundo da Mercedes, como novo diretor-técnico da Williams, levou a equipe de Grove a implementar uma mentalidade diferente no desenvolvimento do seu carro. Quem diz é Felipe Massa, que apesar de destacar o trabalho do experiente engenheiro, não acredita que os resultados das mudanças vão aparecer de forma imediata. De acordo com o brasileiro, a melhora nos trabalhos só deve aparecer em termos de performance na próxima temporada.

 
Uma das características do carro da Williams nos últimos anos, desde 2014, foi a grande performance em circuitos de média-alta, enquanto o rendimento cai bruscamente em pistas que exigem maior desempenho do chassi, como em Mônaco, Hungria ou Singapura, onde a potência do motor não exerce fator tão determinante. Em Marina Bay, Massa terminou em 11º e classificou seu desempenho como "um desastre" após errar na escolha de pneus.
 
Massa, que ainda não tem seu futuro na Williams definido para 2018, acredita que a equipe só vai conseguiu apresentar uma melhora significativa em termos de crescimento com a mudança na filosofia do desenvolvimento do carro no ano que vem.
Felipe Massa aposta em mudanças significativas até na aparência do carro da Williams para 2018 (Foto: AFP)
“Não acho que isso vai refletir nesta temporada, mas acho que ainda podemos melhorar um pouco o carro nesta temporada. A mentalidade do desenvolvimento precisa ser diferente. Já é diferente, mas talvez não [vai refletir] neste ano. Não é para agora, é para o futuro”, comentou o piloto em entrevista publicada pelo site ‘Crash.net’.
 
O veterano de 36 anos destacou o trabalho feito por Lowe para levar a Williams a um rumo correto em termos de desenvolvimento. O engenheiro já se mostrou bastante decepcionado com a performance do FW40. “Paddy ajudou muito. Não só Paddy, mas acho que a mentalidade da equipe. Houve muitos erros, não estava muito certa, mas agora sim. Infelizmente, não conseguimos melhorar o carro da forma que queríamos neste ano, mas a mentalidade já é completamente diferente”.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“A ideia é completamente diferente para o desenvolvimento de um carro novo, até em termos de aparência. Mas é impossível dizer agora como vai ser no ano que vem. Você não sabe o que os outros estão fazendo”, acrescentou Felipe.

 
“Todo mundo conhece as regras, e as regras são as mesmas para o ano que vem. Para ser sincero, sabemos que as outras equipes não são burras, mas é importante mudar a mentalidade para construir as coisas da forma correta. Vamos ver”, finalizou o piloto da Williams.
ALONSO SEM HONDA EM 2018?

É CAPAZ DE A TORO ROSSO IR BEM E A RENAULT FALHAR NA MCLAREN 

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube