Ex-diretor da Ferrari rasga elogios para Alonso: “Ninguém lê corridas como ele”

Para Massimo Rivola, que atualmente trabalha na MotoGP com a Aprilia, capacidade do espanhol bicampeão mundial em "enxergar além" da estratégia é incomparável

HAAS SEM MAZEPIN. E FITTIPALDI? + TESTES DA FÓRMULA 1 NO BAHREIN | Paddock GP #277

O ex-diretor esportivo da Ferrari e atual CEO da equipe de MotoGP Aprilia, Massimo Rivola, teceu grandes elogios ao piloto da Alpine, Fernando Alonso. Os dois trabalharam juntos na escuderia italiana de 2010 a 2014, período de estadia do espanhol em Maranello.

De acordo com Rivola, o bicampeão mundial de Fórmula 1 possui habilidade incomparável de leitura de situações em pista. “Ninguém lê corridas como ele”, disse o italiano sobre Alonso. “Muitas vezes ele fez com que nós nos sentíssemos como idiotas no pitwall, porque ele consegue enxergar além”, completou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Massimo Rivola trabalhou com Alonso por quatro anos na Ferrari (Foto: Aprilia)

“Nós estávamos nos computadores, com dados à nossa frente, e ele estava fazendo outra coisa. Mas, ainda assim, entendia as coisas antes dos outros e chegava a algumas conclusões antes de nós. Existem pilotos que te ensinam muito”, contou o italiano.

Rivola foi o diretor esportivo mais longevo da história da Ferrari: sete anos no cargo. Após exercer a função, foi realocado para chefe da Academia de Pilotos da escuderia italiana até 2019, quando mudou-se para a MotoGP, com a Aprilia. Antes de seu período na Ferrari, o italiano já acumulava vasta experiência na Fórmula 1, tendo trabalhado por 12 anos na Minardi e na Toro Rosso.

LEIA TAMBÉM
Mercedes substitui modelos e revela safety-car e carro médico da F1 2022

Fernando Alonso em seus tempos de Ferrari (Foto: Ferrari)

Por outro lado, após sua passagem em Maranello, Alonso voltou à McLaren, onde ficou até o fim de 2018. Depois de dois anos longe da F1, o espanhol retornou à categoria com a Alpine para a temporada de 2021. O piloto revelou recentemente que já estuda renovar o acordo com a equipe francesa.

“Eu realmente sinto que tenho força para continuar, mas só vou decidir no meio do ano”, afirmou o bicampeão mundial durante os testes de pré-temporada em Barcelona. “Espero que [as novas regras] nos permitam lutar por pódios, porque se você lutar por pódios todo fim de semana, eventualmente a vitória virá. E se você lutar por pódios e vitórias, talvez no próximo ano você seja um candidato ao Campeonato Mundial”, concluiu.

Alonso e sua A522 voltam às pistas entre esta quarta e esta sexta-feira, assim como o resto do grid, para a segunda rodada de testes de pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein. A temporada da F1 começa de maneira oficial no dia 20, também no deserto bareinita.

COMO O NÚMERO #1 PASSOU A SER USADO PELOS CAMPEÕES DA FÓRMULA 1?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar