Verstappen aponta “arranhão no difusor” após susto na largada em Miami: “Tivemos sorte”

Max Verstappen revelou que notou a aproximação do companheiro Sergio Pérez na largada do GP de Miami e agradeceu que nada pior aconteceu entre os dois. O mexicano da Red Bull, por outro lado, lamentou o erro na primeira volta

A largada do GP de Miami quase viu um acidente protagonizado por Sergio Pérez. O mexicano perdeu o ponto de frenagem de sua Red Bull e quase acertou o companheiro Max Verstappen na chegada da primeira curva. Aliás, chegou a causar um pequeno dano no carro #1.

Após a corrida, Pérez admitiu que não tinha entendido a pouca aderência na parte interna da curva 1, mesmo local da confusão na largada da corrida sprint no dia anterior, mas envolvendo Lewis Hamilton e Fernando Alonso — que chegaram a se tocar.

Relacionadas


“Quando mergulhei por dentro do Charles [Leclerc, piloto da Ferrari], vi que não tinha aderência assim que toquei no freio. Assim como foi no dia anterior com o Lewis [Hamilton], não tem muita aderência fora da trajetória, especialmente na primeira curva”, disse em entrevista à emissora Sky Sports.

“Olhando agora, se eu soubesse que não tinha aderência por dentro, nem teria ido por lá. Eu fui porque pensei que seria tranquilo, mas pisei no freio e vi que o carro não iria parar. Travei a dianteira e passei reto. Isso significa que quase tirei o Max [Verstappen] da corrida”, completou o mexicano.

A tumultuada largada do GP de Miami (Foto: Ferrari)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Também depois da corrida, Verstappen admitiu que notou a proximidade do companheiro na largada no circuito americano e que seu difusor traseiro teve um pequeno dano. O atual tricampeão mundial ainda agradeceu que nada mais grave aconteceu no incidente.

“Virei e o vi travando. Olhei depois da corrida e havia um arranhão no meu difusor, então algo deve ter acertado. Foi por muito pouco. Poderia ter acabado em desastre, claro, para a equipe, mas tivemos sorte”, afirmou o neerlandês.

Apesar do susto, os dois pilotos seguiram na prova. Verstappen foi ao pódio, na segunda colocação, e Pérez terminou em quinto na pista, mas foi beneficiado por uma punição de Carlos Sainz e subiu para a quarta colocação.

Fórmula 1 retorna de 17 a 19 de maio com o GP da Emília-Romanha, no circuito de Ímola. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento e das demais etapas do campeonato.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.