Verstappen e Hamilton zeram em Baku e Pérez sobe ao top-3 de 2021. Confira classificação

Em corrida de desfecho inacreditável no Azerbaijão, Sergio Pérez somou 25 pontos e pulou para terceiro no campeonato, só atrás de Max Verstappen e Lewis Hamilton, que zeraram neste domingo. Valtteri Bottas, com atuação tenebrosa, sequer terminou entre os dez primeiros da prova e caiu para sexto no campeonato

Max Verstappen perdeu a corrida ganha em Baku após estouro de pneu (Vídeo: F1)

O desfecho incrível do GP do Azerbaijão de Fórmula 1 não mudou, por incrível que pareça, o quadro principal na luta pelo título entre Max Verstappen e Lewis Hamilton. Ambos tiveram a oportunidade de abrir grande vantagem perante o respectivo rival, mas cada um dos pilotos abandonou a prova deste domingo (6), ainda que por razões diferentes. Verstappen vinha para uma grande vitória em Baku, mas sofreu com o pneu traseiro esquerdo furado no meio da reta, bateu e abandonou a prova. Hamilton, então, tinha a chance de ouro de assumir a liderança do campeonato, mas cometeu um erro quando passou Sergio Pérez na relargada, passou reto na curva 1 e sequer pontuou — o que não acontecia desde o GP da Áustria de 2018. Assim, o placar entre os ponteiros segue com 105 para Verstappen e 101 pontos para o heptacampeão.

Quem se beneficiou mesmo, no fim das contas, foi Sergio Pérez. Vencedor improvável do GP do Azerbaijão, ‘Checo’ pulou para a terceira colocação do Mundial de Pilotos e tem agora 69 pontos. Ao conquistar seu primeiro pódio com a Red Bull logo com o pódio, o mexicano está agora 3 pontos à frente de Lando Norris, que concluiu a corrida em Baku na quinta colocação.

Confira a classificação da Fórmula 1 após o GP do Azerbaijão

LEWIS HAMILTON; SERGIO PÉREZ; RELARGADA; GP DO AZERBAIJÃO; BAKU;
Lewis Hamilton erra na relargada e ajuda Sergio Pérez a vencer o GP do Azerbaijão (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Charles Leclerc brigou para tentar um lugar no pódio neste domingo com Pierre Gasly, mas perdeu a batalha e terminou em quarto. O monegasco, pole-position em Baku, ainda se deu bem no campeonato e está em quinto, agora com 52 pontos. O maior prejuízo foi de Valtteri Bottas, que despencou para o sexto lugar do Mundial de Pilotos. Dono de atuação tenebrosa na corrida, o piloto finlandês foi apenas o 12º e zerou também, ficando assim com 47 pontos.

Carlos Sainz, apenas o oitavo lugar da prova, somou 4 pontos e agora tem 42 no campeonato. Gasly, dono de um grande resultado no fim de semana com o pódio em Baku, acumulou 15 pontos e tem agora 31 no total do campeonato, ocupando assim a oitava colocação. Sebastian Vettel, cada vez mais à vontade na Aston Martin, encaixou seu segundo ótimo resultado seguido. Depois do top-5 no GP de Mônaco, o tetracampeão conquistou o quarto lugar em Baku e tem agora um total de 28 pontos no campeonato, 2 à frente de Daniel Ricciardo, décimo colocado com a McLaren.

Na disputa interna na Alpine, Fernando Alonso, que conquistou o melhor resultado no seu regresso à Fórmula 1 ao cruzar a linha de chegada em sexto neste domingo, tem agora 13 tentos, contra 12 de Esteban Ocon, que abandonou a corrida.

Assim como Hamilton, a Mercedes não zerava numa corrida desde o GP da Áustria de 2018. Em contrapartida, a Red Bull, a despeito do duro revés de Verstappen, somou 25 pontos com Pérez. Desta forma, os taurinos somam agora 174 tentos, contra 148 da Mercedes no Mundial de Construtores.

SERGIO PÉREZ; VITÓRIA; GP DO AZERBAIJÃO; BAKU
Sergio Pérez festeja uma grande e inesperada vitória no GP do Azerbaijão (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Na briga pelo terceiro lugar, a batalha está muito acirrada entre Ferrari e McLaren. A equipe italiana tem agora 94 pontos e ocupa o top-3, ficando apenas 2 à frente da rival britânica. Quem deu um salto foi a AlphaTauri graças aos 15 pontos de Gasly e aos seis de Yuki Tsunoda. O time de Faenza tem agora 39 pontos e está à frente de Aston Martin, com 37, e da Alpine, agora com 25.

A Alfa Romeo, graças ao décimo lugar de Kimi Räikkönen em Baku, soma agora 2 pontos no campeonato. Haas e Williams seguem zeradas, mas a equipe norte-americana, graças ao 13º lugar de Mick Schumacher neste domingo, obteve o melhor resultado até agora na comparação com a tradicional escuderia britânica no geral no campeonato e, por isso, está à frente, em nono, enquanto a Williams fecha a tabela do Mundial de Construtores.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar