Verstappen leva a pior em toque com Hamilton, bate e abandona GP da Inglaterra

Os líderes da F1 andaram lado a lado ao longo de toda a primeira volta, sempre com Hamilton atacando. Quando tocaram, Verstappen levou a pior

Leia esta notícia em espanhol no GRAN PREMIO.

Acidente entre Max Verstappen e Lewis Hamilton no GP da Inglaterra (Vídeo: F1)

A primeira volta do GP da Inglaterra apresentou a batida que já se esperava há tanto tempo. Com uma briga pelo título próxima, não demoraria até que os protagonistas se encontrassem. Foi o que aconteceu na manhã deste domingo (18), em Silverstone, entre Max Verstappen e Lewis Hamilton. O holandês levou a pior e abandonou.

A largada foi de um extremamente agressivo Hamilton para cima de um Verstappen que se defendia muito bem. O inglês atacou na curva Brooklands, mas Max se defendeu como num manual. Os dois já haviam se tocado levemente ao longo da volta. Na curva seguinte, porém, não teve como evitar.

Max Verstappen saiu do carro com apoio da equipe médica da FIA (Foto: Reprodução)
Paddockast #112: As principais mudanças nos carros de F1 e o que esperar da próxima geração?

Hamilton mergulhou para tentar cortar na frente de Verstappen, que se defendia ao frear tarde, mas o movimento dos dois carros fez com que o pneu dianteiro direito de Hamilton tocasse o traseiro esquerdo de Verstappen.

Com suspensão quebrada, a Red Bull rodou imediatamente, passou em altíssima velocidade pela brita e acertou em cheio a barreira de pneus.

A direção de prova agiu rápido por conta do estrago na barreira de pneus e acionou a bandeira vermelha. Verstappen saiu do carro, mas precisou encostar no muro com ajuda dos fiscais, compreensivelmente tonto com o impacto.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ainda no rádio do carro antes de voltar aos boxes, Hamilton, que reportou algum tipo de dano antes da bandeira vermelha, afirmou que viu Verstappen como culpado. “Eu estava ali, cara. Completamente do lado. É a minha linha. Ele veio para cima de mim. Eu teria dado espaço para o cara.”

Já na comunicação direta com Michael Masi, diretor de prova da FIA, Christian Horner, chefe da Red Bull, avaliou de outra maneira. “Olha, aquela curva. Ele não estava nem perto de estar do lado. Foi um acidente enorme. A curva era 100% do Max. A culpa é totalmente do Lewis. Graças a Deus ele saiu ileso. Espero que vocês lidem com isso apropriadamente”, pressionou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha o GP da Inglaterra AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Após a corrida: TUDO sobre o GP da Inglaterra | Briefing

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar