Verstappen promete manter agressividade “do ano todo” mesmo com liderança na F1

De estilo sabidamente agressivo, Max Verstappen jura que não vai deixar a vantagem para Lewis Hamilton mudar abordagem no fim do ano

QUEM É RANDY LANIER, O PILOTO TRAFICANTE RETRATADO EM SÉRIE DA NETFLIX?

Com cinco corridas para o fim da temporada 2021 do Mundial de Fórmula 1, Max Verstappen tem 12 pontos de vantagem para Lewis Hamilton. O que não quer dizer que vai suavizar o famoso estilo agressivo de pilotagem: garante que não é o caso. Segundo o holandês, é buscando todos os pontos possíveis a cada fim de semana, afinal, que alguém chega ao título.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Na Cidade do México para a corrida do fim de semana, Verstappen promete que será aquele de sempre mesmo com a vantagem que aumenta.

“Não vai ser, minha abordagem será a mesma do ano todo. Sempre tento marcar o maior número de pontos possível no fim de semana, sempre tentei, assim como Lewis e todo mundo. Claro que sempre tento fazer isso sem maiores problemas”, disse.

“Gosto do que estou fazendo, então isso tira a pressão. Não é a primeira vez que estive numa luta pelo campeonato. Sim, é a primeira vez na F1, mas não na minha vida. No fim das contas, não muda o fato de que você precisa vencer e é o que eu sempre fiz. Vamos ter de fazer o mesmo agora. Quando o carro for capaz, vou vencer; quando não for, não vou vencer”, falou.

FÓRMULA 1; MAX VERSTAPPEN; RED BULL; GP DA CIDADE DO MÉXICO;
Max Verstappen no Autódromo Hermanos Rodríguez (Foto: Mark Thompson/Getty Images/Red Bull Content Pool)
Paddockast #128: O que falta para Hamilton x Verstappen virar novo Senna x Prost?

Após o chefe da Mercedes, Toto Wolff, colocar a briga entre Verstappen e Hamilton no patamar das maiores da história e alertar que o campeonato pode até terminar em batida proposital, Max evitou polêmicas e deu resposta política: não está muito preocupado com o que aconteceu no passado, mas com a próxima corrida.

“Não penso muito nas brigas históricas entre dois pilotos e o que eles fizeram, isso está no passado. Meu foco está no que tenho de fazer na pista e sempre tento dar o melhor melhor. É assim que, no fim das contas, você ganha um campeonato. É tentando tirar a maior pontuação possível e, evidente, superar seu rival”, seguiu.

A F1 segue neste fim de semana, com o GP do México. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

O FUTURO DAS CORRIDAS SPRINT E A IMPULSÃO DA F1 NOS EUA | TT GP #37

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar